Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 29 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Avenida Três Barras melhora o fluxo e agrada moradores da região após reordenamento

A realização da obra, é fruto de convênio celebrado entre o Governo do Estado e Prefeitura de Campo Grande, por meio do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e Agetran
Fotos: Rodrigo Maia
Fotos: Rodrigo Maia

O reordenamento da antiga rotatória da avenida Três Barras melhorou a rotina dos mais de 30 mil condutores que diariamente passam pelo trajeto que dá acesso às regiões do Prosa e do Bandeira. Morando no Tiradentes há quase uma década, a pedagoga Adriana Aguiar, acredita que a obra melhorou não só a vida da população mas também atraiu investidores para a região. 

A obra que acaba de ser finalizada e entregue para a população é fruto de convênio celebrado entre o Governo do Estado e Prefeitura de Campo Grande, por meio do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). 

“Foi uma das melhores coisas que aconteceram. Agora não tem mais aquela loucura no trânsito. Isso daqui era um caos. Mas com essa rotatória melhorou muito, agora o trânsito flui, principalmente nos horários de grande fluxo. Vejo que essa obra trouxe até mais movimento para nossa região. Agora temos mais comércios, pois antigamente não tinha nada pra cá”. 

Gabriel Marchese Rodrigues também faz o trajeto há quase 10 anos, e num comparativo de antes e depois avalia positivamente a execução da obra.  “Antes tinha muito congestionamento. Essa readequação ajuda muito os moradores dessa região que cresceu muito e sofria com o trânsito, especialmente nos horários de pico. Agora parece que o problema foi resolvido”, afirma. 

O diretor-presidente da Agetran, Janine Bruno reforça que a parceria com o Detran-MS é de longa data. “Já tínhamos trabalhado junto em outra oportunidade, fizemos a rotatória da Mato Grosso com a Via Park. E é muito importante essa parceria. O Detran é praticamente irmão da Agetran nestes serviços”. 

Rudel Trindade, diretor-presidente do Detran-MS, também enfatizou a importância dessa parceria para a população.

“Essa rotatória era uma reclamação antiga, um lugar complexo, muito movimento, a região crescendo muito,  e isso aumenta muito o fluxo de veículos. O Governo do Estado, a Prefeitura de Campo Grande, o Detran e a Agetran investiram R$2 milhões nessa obra, compartilharam esses recursos. Os projetistas da Prefeitura encontraram uma ótima solução de engenharia de tráfego. Fruto de uma parceria antiga, nós já tínhamos feito a rotatória da Via Park e temos outras para executar que serão anunciadas em breve”. 

Na manhã desta segunda-feira (09) os diretores estiveram no local para avaliar o novo fluxo viário. O diretor-adjunto do Detran-MS, Juvenal Neto, compartilhou com os titulares a alegria da entrega.

“Uma região muito importante da cidade. Esse era um gargalo que precisava ser resolvido, e hoje com essa parceria, conseguiu melhorar bem a questão do fluxo e do trânsito na região.  É bom poder participar dessas entregas que fazem a diferença na vida das pessoas”. 

Obra

O reordenamento viário do cruzamento das avenidas Três Barras, José Nogueira Vieira e Marquês de Lavradio, foi realizado por meio de convênio celebrado entre o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

Além da semaforização, a readequação envolveu a remoção da rotatória para enlarguecer a via que passou a ter duas pistas de rolamento em cada sentido. A obra também incluiu recapeamento e sinalização horizontal e vertical. 

A rua Domingos Jorge Velho, que antes era um complicador, passou a ser mão única. Na prática, quem estiver na via, e quiser acessar a Três Barras, precisa entrar na rua Manoel da Nóbrega e Miguel Sútil, onde foi instalado um conjunto semafórico para permitir acesso seguro aos condutores. 

Para quem estiver na Avenida Três Barras em direção à Avenida Eduardo Elias Zahran e quiser acessar bairros como o Vilas Boas e não tiver feito a conversão à esquerda na rua Fernão Dias, com o reordenamento terá que ir até o cruzamento semaforizado e realizar a conversão na Avenida José Nogueira Vieira, rua Final, Avenida Marques de Lavradio, Avenida Três Barras e então a rua Domingos Jorge Velho.

A rua Manoel da Nóbrega entre a rua Domingos Jorge Velho e a rua Miguel Sutil, também fez parte do projeto de reordenamento e recebeu drenagem, pavimentação asfáltica e instalação de meio fio. O valor estimado para a conclusão da obra foi de R$ 2.825.771.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.