Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 25 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Deputado Zeca do PT propõe audiência sobre prognóstico preocupante de queimadas no Pantanal

Precisamos convidar o Ibama, o Imasul, a Polícia Militar Ambiental e outros órgãos ambientais para construir uma política de atuação que nos permita lidar com os difíceis impactos da seca e dos incêndios no bioma
Imagem - Assessoria Parlamentar/Alems
Imagem - Assessoria Parlamentar/Alems

O deputado estadual Zeca do PT propôs à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul a convocação de uma audiência pública para discutir o prognóstico preocupante de queimadas no Pantanal no período de estiagem, previsto para começar a partir de junho. O parlamentar já visitou órgãos de defesa do meio ambiente e percebeu a necessidade de organizar ações em conjunto para minimizar os impactos das queimadas no bioma pantaneiro.

“Gostaria de reiterar meu pedido de convocar uma audiência pública para que esta Casa se aproprie do debate acerca das mais severas e preocupantes expectativas de seca e incêndios que podem ocorrer neste ano de 2024, no Pantanal. Precisamos convidar o Ibama, o Imasul, a Polícia Militar Ambiental e outros órgãos ambientais para construir uma política de atuação que nos permita lidar com os difíceis impactos da seca e dos incêndios no bioma”, argumentou Zeca.

O maior incêndio no Pantanal foi registrado no período de seca do ano de 2020. Segundo o ICMBio, a previsão para 2024 é de que a seca em Mato Grosso do Sul seja ainda mais severa. “Este é o prognóstico que o IBAMA e que o Imasul possuem. Portanto, é urgente que discutamos em conjunto para que esses órgãos estejam capacitados e preparados para atuar de forma sinérgica em uma potencial situação crítica”, finalizou Zeca.

O parlamentar tem atuado constantemente para estruturar a rede de enfrentamento aos focos de incêndio no Pantanal. Em agenda recente no Ibama, Zeca recebeu a garantia de que as brigadas de incêndio que operam em aldeias do Território Kadiwéu, em Porto Murtinho, e no território de Corumbá, serão estruturadas no mês de junho.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.