Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Ex-loira do Tchan fica fora do reencontro do grupo por ser policial rodoviária

Atualmente, Silmara trabalha fazendo fiscalização nas rodovias do Distrito Federal
Atualmente, Silmara trabalha fazendo fiscalização nas rodovias do Distrito Federal
Atualmente, Silmara trabalha fazendo fiscalização nas rodovias do Distrito Federal

Integrante do É o Tchan entre 2003 e 2007, Silmara Miranda explicou o motivo de não ter se reunido com o grupo de axé baiano nas comemorações dos 30 anos da banda. Ela, que ocupou o posto de Loira do Tchan, substituindo Sheila Mello, diz que não poderia voltar a se apresentar nos shows ao lado dos outros dançarinos por conta da sua atual profissão como policial rodoviária federal.

“Não poderia. Trabalho em dedicação exclusiva”, disse a servidora pública da PRF.

A ex-dançarina, hoje com 43 anos, foi aprovada no concurso da PRF em Santa Catarina, em 2020, e tomou posse em novembro do mesmo ano, em uma cerimônia com o então presidente Jair Bolsonaro. Menos de um ano depois, ela foi nomeada para um cargo de confiança no setor de comunicação da corporação, em Brasília.

Atualmente, Silmara trabalha fazendo fiscalização nas rodovias do Distrito Federal e compartilha a rotina, fardada e armada, em um perfil nas redes sociais. Ela chegou a dizer que ficou dois anos estudando para conseguir passar no concurso da PRF e realizar o sonho de vestir a farda.

A ex-loira do Tchan concorreu uma vaga de deputada federal nas eleições em 2022, mas não se elegeu. Atualmente, Silmara trabalha fazendo fiscalização nas rodovias do Distrito Federal.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.