Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 12 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Professores da rede estadual de SP protestam contra volta às aulas presenciais

Na manhã desta sexta-feira (26), professores da rede pública estadual de São Paulo se reuniram em uma caminhada no centro da capital paulista contra a volta às aulas presenciais  e pela vacinação dos profissionais da educação contra a Covid-19 . A concentração foi convocada pelo Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo (Apeoesp).

De acordo com a presidente do sindicato, a deputada Professora Bebel, o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, continua subnotificando os dados sobre o coronavírus no ambiente escolar. “A Apeoesp recebeu denúncias de mais de 1.070 casos de covid-19 em cerca de 570 escolas estaduais (confira a lista completa aqui). Já são, pelo menos, 17 óbitos.

Nós protocolamos representação no Ministério Público e estamos exigindo das diretorias de ensino o fechamento das unidades escolares. São Paulo tem no momento o maior número de pessoas internadas em UTI desde o início da pandemia. Não podemos colocar os nossos professores, alunos e a comunidade escolar em risco. Isso é inaceitável”, afirmou.

“Nós vamos lutar incondicionalmente pela vida. Por isso, queremos a testagem em massa nas escolas estaduais e em todos os colégios públicos. Lutamos pela vacinação já, com a inclusão dos profissionais da educação na primeira etapa juntamente com os profissionais da saúde, idosos e indígenas”, acrescenta a deputada.

Ainda segundo a Apeoesp, no sábado (27), às 14h, os professores da rede estadual farão uma nova assembleia virtual para decidir os próximos passos da mobilização.

 

 

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.