Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 16 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Programa ‘Desenrola Brasil’ chega a R$ 34 bilhões em dívidas renegociadas

Programa ajuda devedores com CPF negativado a recuperarem as condições de crédito financeiro; prazo para participar das negociações foi estendido até 31 de março
Desenrola Brasil para renegociar dívidas. Foto: Divulgação
Desenrola Brasil para renegociar dívidas. Foto: Divulgação

Com mais de 11,5 milhões de pessoas beneficiadas, o Desenrola Brasil atingiu o montante de R$ 34 bilhões em dívidas renegociadas. Os dados são do último balanço do Ministério da Fazenda, que compreende o período do início de funcionamento do programa, em 17 de julho de 2023, até o fim de dezembro de 2023. A iniciativa tem como objetivo contribuir para a retomada da capacidade de crédito das pessoas com nome negativado.

Podem ser renegociadas, por exemplo, contas de luz, água, varejo e educação. Com isso, a pessoa beneficiada pode voltar a ter crédito com instituições financeiras ou fazer contrato de aluguel, por exemplo, caso não tenha outras restrições fora aquelas abarcadas pelo programa.

O prazo para participar da Faixa 1 do programa foi estendido até 31 de março de 2024. A nova data é para que os beneficiários façam renegociações diretamente na plataforma do Desenrola.

Podem ser beneficiados pelo Desenrola aqueles que ganham renda bruta mensal de até dois salários-mínimos ou inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), com dívidas que tenham sido negativadas de 2019 a 2022, cujo valor atualizado seja inferior a R$ 20 mil. São ofertados descontos médios de 90% para os pagamentos à vista e de 85% para as quitações parceladas.

As negativações de dívidas bancárias de até R$ 100 foram automaticamente suspensas, como parte do Programa Desenrola.

Saiba como aderir ao Desenrola Brasil:

Quem pode usar o Desenrola?
Atualmente, o Programa beneficia devedores Pessoas Físicas com renda bruta mensal de até dois salários-mínimos ou que estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

Quais são as empresas participantes do Desenrola?
Mais de 600 empresas participam do Desenrola, incluindo bancos, varejistas, companhias de água e saneamento, distribuidoras de eletricidade, entre outras. A Plataforma disponibiliza a lista de dívidas que poderão ser negociadas. Basta entrar na plataforma, e o site mostrará também o desconto oferecido pelo credor. Para acessar a plataforma, acesse: https://desenrola.gov.br/

Qual é o primeiro passo para usar o Desenrola?
É necessário ter uma conta no Portal Gov.br. Em seguida, clicar em “Entrar com gov.br”, fazer sua identificação, digitando o seu CPF e senha da sua conta gov. No primeiro acesso, os cidadãos precisam aceitar os Termos de Uso; cadastrar um número de celular e um endereço de e-mail e confirmar os dados de contato, digitando um código recebido no celular e outro no e-mail.

É seguro renegociar dívidas pelo site do Desenrola?
O programa foi elaborado para que o processo aconteça de maneira segura e rápida. As negociações são feitas totalmente por meio digital, sem riscos. O Governo Federal alerta: use apenas o site oficial https://desenrola.gov.br/home. Qualquer outro canal de comunicação, como link, e-mail, mensagens de WhatsApp, etc, pode configurar tentativa de golpe, e deve ser ignorado pelo cidadão. As estratégias dos bandidos envolveram e-mails, mensagens e até mesmo a criação de sites com o nome do “Desenrola”. Tudo isso é falso.

O que fazer em casos de suspeita de fraude no Desenrola?
O cidadão deve comunicar a ocorrência de tentativas de fraudes com o registro de ocorrências policiais, contato com os Procons, e com a própria central telefônica do credor. Quem receber alguma mensagem suspeita propondo a renegociação pelo Desenrola deve procurar sempre o seu credor antes de tomar qualquer atitude. Jamais deve-se acessar links suspeitos e fornecer dados pessoais a desconhecidos.

O Programa oferece gratuitamente, por meio do site oficial, conteúdos de educação financeira que ensinam a planejar o orçamento, dão dicas para poupar dinheiro e até para investir. Clique aqui para acessar o conteúdo.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.