Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Soja: cenário fundamental pressiona mais uma vez e Chicago devolve ganhos

Os contratos da soja em grão com entrega em maio fecharam com alta de 3,75 centavos de dólar, ou 0,32%, a US$ 11,55 por bushel
Foto: Pedro Silvestre
Foto: Pedro Silvestre

Os contratos da soja em grão registram preços mais baixos nas negociações da sessão eletrônica na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT). A oleaginosa devolve os ganhos registrados ontem, com o cenário fundamental preponderando.

A ampla oferta global, estimada na América do Sul, mantém as cotações no vermelho, juntamente com o progresso da colheita no Brasil inundando o mercado. Completam o quadro desfavorável para as cotações a falta de demanda pelo grão estadunidense e a retração do petróleo em Nova York.

Os contratos com vencimento em maio operam cotados a US$ 11,50 1/2 por bushel, baixa de 4,50 centavos de dólar, ou 0,38%, em relação ao fechamento anterior.

Ontem (04), a soja fechou com preços mais altos. Após o mercado ter atingido na semana passada o menor nível em três anos, compras de barganha e cobertura de vendas persistem nas últimas duas sessões, garantindo a elevação.

Os contratos da soja em grão com entrega em maio fecharam com alta de 3,75 centavos de dólar, ou 0,32%, a US$ 11,55 por bushel. A posição julho teve cotação de US$ 11,65 1/4 por bushel, com ganho de 4,00 centavos ou 0,34%.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.