Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

3ª edição do ‘MS em Ação: Segurança e Cidadania atendeu’ mais de 6.700 indígenas no município de Paranhos e região

O MS em Ação: Segurança e Cidadania foi oficializado este ano como ação estratégica da Sejusp, por meio de publicação de resolução no DOE (Diário Oficial do Estado), no dia 24 de janeiro
Fotos: Álvaro Rezende/Subcom-MS
Fotos: Álvaro Rezende/Subcom-MS

Com foco na integração da segurança pública e da cidadania com a população, mais de 6.700 indígenas do município de Paranhos e região tiveram seus direitos assegurados nos dias 2 e 3 de março, na Aldeia Paragaussu, durante a 3ª edição do MS em Ação: Segurança e Cidadania, promovida pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) e da SEC (Secretaria de Estado da Cidadania).

A Escola Municipal Pancho Romero, na aldeia Paragaussu, sediou a ação que além da comunidade local, atendeu as comunidades indígenas Pirajui, Potrero Guassu, Arroio Cora, Sete Cerros e Ypoi, que tiveram acesso gratuito a emissão de documentos pessoais como Carteira de Identidade, CPF, título de eleitor e carteira de trabalho e puderam solicitar benefícios junto ao INSS, casamentos, divórcios, atendimentos na defensoria pública, consultas médicas com clínicos gerais e especialistas, com dentistas e orientações da correta escovação e higiene bucal.

Eles também puderam fazer cursos de capacitação, entre eles de acabamento de obras, exposições de materiais e aeronave, registro de boletins de ocorrência, cinema e brinquedos para as crianças brincarem enquanto os pais recebiam atendimento.

Presente durante os dois dias da ação as forças de segurança do Estado, DOF (Departamento de Operações de Fronteira), BPchoque, Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, promoveram uma conexão com a comunidade indígena e uma troca de vivências e escuta.

“O DOF tem participado do MS em Ação sempre expondo materiais e equipamentos. Em Paranhos fizemos dinâmicas com as crianças crianças, com a pinturas e desenhos onde os pequenos desmistificando a sensação de que o Departamento de Operações da Fronteira é uma força opressora a comunidade indígena. Pelo contrário é uma força que está para ajudar e que está para promover segurança pública, nos aproximando das comunidades”, explica o Cel. PM Everson Antônio Rozeni, Diretor do DOF.

Na ocasião mais de mil mulheres foram orientadas sobre o enfrentamento à todas as formas de violência, sendo por meio da distribuição de panfletos ou por meio do diálogo.

É fundamental que esses momentos aconteçam porque precisamos ouvir a população e essa é uma premissa do Governo do Estado. Quando falamos das mulheres indígenas, esse diálogo é ainda mais necessário, pois estão mais afastadas do contexto urbano. A construção de ações e políticas públicas respeitando as especificidades locais é primordial. Durante a ação estávamos todos unidos para um único propósito: escutar aquelas mulheres”, ressalta Manuela Nicodemos, subsecretária de Estado de Políticas Públicas para Mulheres, ligada a SEC.

Para o 3º Sargento Adelino de Oliveira Schibilski, da equipe técnica do Programa Mulher Segura e instrutor do Proerd, destacou que o diálogo sobre prevenção às drogas e violência doméstica e familiar contra as mulheres é muito importante.

“Essa aproximação com a comunidade é importante para estabelecer uma relação de confiança com as comunidades indígenas. Uma vez que sabendo do papel preventivo da Polícia Militar e conhecendo o serviço oferecido passam a ter mais confiança em acionar em casos de violência e também entende as razões da presença da viatura policial no território”, explica.

Parceiros da 3ª Edição

Foram parceiros do Governo do Estado na realização do MS em Ação: Segurança e Cidadania, além de Prefeitura de Paranhos, Secretaria de Estado de Saúde, Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária, Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Defensoria Pública Estadual, TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Sindicato Rural de Paranhos, Adepol (Associação dos Delegados de Mato Grosso do Sul), ABO/MS (Associação Brasileira de Odontologia), Fareff (Faculdade Referencial de Odontologia), Receita Federal, INSS, Sesc, Senai, Senac, Senar, Fundesporte, Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros Militar, Fecomércio, Instituto de Identificação, Instituto Cruzeiro, Câmara de Vereadores de Paranhos, Secretarias Municipal de Saúde e de Educação de Paranhos, Funtrab, Coordeandoria-Geral de Policiamento Aéreo da Sejusp.

Programa Estratégico

O MS em Ação: Segurança e Cidadania foi oficializado este ano como ação estratégica da Sejusp, por meio de publicação de resolução no DOE (Diário Oficial do Estado), no dia 24 de janeiro. Oficialmente, o Programa, consiste em levar as comunidades remotas, de difícil acesso e territórios vulneráveis de Mato Grosso do Sul, serviços públicos essenciais, aproximar as comunidades atendidas dos profissionais de segurança pública, ampliando assim a capacidade de resolução de problemas e conflitos, bem como prevenindo a ocorrência de crimes.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.