Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 1 de março de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Testemunhas dizem que mãe de menino que caiu de prédio costumava deixar filhos sozinhos

Policiais militares que foram checar a queda de um menino de um apartamento no segundo andar de um prédio no Andaraí, no domingo (20), disseram à Polícia Civil que ouviram de testemunhas que era comum as crianças ficarem sem responsáveis no imóvel.

Hallan Luis Silva Ramos Ventura, de 5 anos, morreu na hora, caído na calçada do prédio que fica na Rua Dona Amélia, no Andaraí, na Zona Norte do Rio. Ele vivia no apartamento com a mãe, identificada como Jéssica, e dois irmãos, de 9 e 3 anos.

Na hora da queda, estavam em casa só os dois filhos mais velhos – o menor havia sido deixado na casa de parentes.

No registro de ocorrência obtido pela TV Globo, os policiais militares relataram que ouviram de testemunhas que a mãe costumava sair e deixar as crianças mais velhas sozinhas, e que no domingo ela teria saído para um passeio de barco.

Os PM foram ao apartamento da família e contaram que estava em “estado deplorável, com bagunça e deterioração”.

Até a noite de domingo, a mãe não havia sido localizada. O g1 tentou contato por telefone, mas ela não atendeu as ligações.

O caso foi registrado na 20ª DP, que investiga se houve abandono de incapaz com resultado de morte.

A queda foi de uma altura de cerca de 20 metros. Apesar de o apartamento ficar no segundo andar, há outros três pavimentos abaixo: o térreo e dois lances de garagem.

Corpo do menino caiu na calçada do prédio — Foto: Imagem cedida pelo Portal Grande Tijuca

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.