Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 21 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Acidente entre carreta e veículo de passeio, mata motorista decapitado na MS-040 em Campo Grande

A colisão foi tão forte que a frente do carro de passeio ficou destruída. O motorista do automóvel foi ejetado para fora do carro e decapitado.
Fotos: Henrique Kawaminami
Fotos: Henrique Kawaminami

Motorista ainda não identificado foi decapitado em acidente envolvendo o carro que dirigia e uma carreta. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (15), no km 33 da MS-040, rodovia que liga Campo Grande a Santa Rita do Pardo.

Conforme apurado pela reportagem, o condutor da carreta, veículo longo de 29,30 metros, seguia sentido Santa Rita do Pardo, quando foi surpreendido pelo motorista do Nissan Kicks, que perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária. A colisão foi de frente.

Ele disse que tentou evitar o acidente jogando a carreta para a lateral, mas não teve jeito. A colisão foi tão forte que a frente do carro de passeio ficou destruída. O motorista do automóvel foi ejetado para fora do carro e decapitado.

O corpo dele ficou ao lado do veículo. O condutor da carreta não ficou ferido. Peças do carro ficaram espalhadas pela rodovia. Por causa do acidente, o tráfego está lento, operando no sistema pare e siga.

O morador da região Sabino Ferreira de Lima, de 53 anos, presidente do assentamento Carolina, contou que estava trabalhando, quando escutou o barulho da batida. “Saí para ver o que havia acontecido e vi a cena. Não podia fazer mais nada”, lamentou. Segundo ele, é comum acidentes na via e os moradores pedem redutor de velocidade.

A carreta envolvida no acidente pertence à CJR Florestal. Segundo o supervisor da empresa, Gabriel Passará, o motorista havia saído de Ribas do Rio Pardo para carregar toras de eucalipto numa fazenda a cerca de 10 km de onde ocorreu a colisão. Ele contou que a carreta possui todos os sistemas de segurança, câmeras e limite de velocidade.

“O motorista da carreta estava entre 70 e 80 km, quando houve a colisão. Eu acredito que o condutor do carro de passeio tenha ter dormido ao volante, porque não tem marcas de frenagem no asfalto”, contou.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.