Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Analista prevê aumento na oferta do boi, impactando preços da carne

Segundo Fernando Henrique Iglesias, os pecuaristas ainda cadenciam o ritmo de seus negócios em meio à boa condição das pastagens
Montagem CompreRural
Montagem CompreRural

mercado físico do boi gordo iniciou a semana com preços pouco alterados e com uma quantidade apenas razoável de negociações.

Os pecuaristas ainda cadenciam o ritmo de seus negócios em meio à boa condição das pastagens.

“Os ótimos níveis de chuva durante o mês de abril contribuíram para a adoção da retenção como estratégia recorrente neste momento. Essa dinâmica pode mudar em meados de maio. Com a queda das temperaturas e a redução das chuvas, haverá perda de qualidade do pasto e menor capacidade de retenção por parte do pecuarista, levando a uma maior disponibilidade de animais para o abate no final da safra”, diz o analista da Consultoria Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias.

  • São Paulo, Capital: R$ 232
  • Goiânia, Goiás: R$ 217
  • Uberaba (MG): R$ 223
  • Dourados (MS): R$ 225
  • Cuiabá: R$ 209

Boi no atacado

O mercado atacadista apresenta preços mistos nesta segunda-feira (22).

Conforme Iglesias, a segunda quinzena do mês vem sendo pautada por menor apelo ao consumo, algo natural para o período em questão.

O quarto dianteiro foi precificado a R$ 14,20 por quilo, com alta de R$ 0,20. A ponta de agulha foi precificada a R$ 13,15 por quilo, com alta de R$ 0,15. O quarto traseiro apresentou queda de R$ 0,75 e foi cotado a R$ 17,25 por quilo.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.