Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 19 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Buscando cabelos bonitos? Especialistas dizem o que incluir na dieta para isso

Proteínas, ácidos graxos Ômega-3, zinco, ácido fólico, vitaminas e magnésio, presentes em certos alimentos, são fundamentais para a saúde dos fios
Especialistas elegem alimento número 1 para a saúde dos cabelos. — Foto: Unsplash
Especialistas elegem alimento número 1 para a saúde dos cabelos. — Foto: Unsplash

São muitos os produtos destinados à saúde dos cabelos. Desde cremes para nutri-los até suplementos muitas vezes debatidos por especialistas se de fato funcionam, as opções se multiplicam em farmácias e nas redes sociais. Mas há um caminho para garantir a qualidade dos fios que pode ser muito mais simples do que se imagina: a alimentação.

Isso porque, assim como tudo no corpo humano, o estado do cabelo é diretamente ligado a nutrientes essenciais que são obtidos pela comida, como proteínas, ácidos graxos Ômega-3, zinco, ácido fólico, vitaminas, magnésio, entre outros.

O cabelo é feito de proteínas, especificamente queratina, por isso faz sentido que precisamos ingerir uma quantidade adequada de proteínas em nossa dieta para apoiar o crescimento saudável do cabelo — explica a nutricionista Frances Largeman-Roth em entrevista ao portal Shape.

E vitaminas e minerais estão envolvidos no crescimento de novas células e, sem elas, nosso cabelo não pode prosperar. Além disso, estudos mostraram que quando os carboidratos são restringidos, pode ocorrer queda de cabelo continua.

Pensando nisso, Frances, junto com a também nutricionista Amanda Sauceda, escolheu qual alimento é o melhor para a saúde das madeixas. Ao site, a dupla afirmou que o salmão, especialmente o selvagem, é o número 1 quando o assunto é qualidade dos fios.

Entre os benefícios, estão os nutrientes citados acima além de colágeno marinho e vitamina D. Idealmente, recomendam o consumo duas vezes por semana e sem pular a pele, que é também rica em nutrientes.

Porém, como o peixe não é barato e pode não ser do agrado de todo mundo, as nutricionistas sugeriram outras opções alimentares para incluir no cardápio que fazem bem para o cabelo. São elas:

  • Amêndoas: Ricas em proteínas vegetais, com altos níveis de ferro e magnésio;
  • Nozes: Ótima fonte vegetariana de ácidos graxos ômega-3 com muitas proteínas, fibras e magnésio;
  • Ovos: Fonte valiosa de proteína, explica Frances: Eles oferecem proteína padrão ouro (alto valor biológico com todos os nove aminoácidos essenciais), com 6 g por ovo. Além disso, fornecem uma excelente fonte de vitamina B12 e biotina, 44 UI de vitamina D e os antioxidantes luteína e zeaxantina.
  • Frutas cítricas: Laranjas, tangerinas, toranjas e limões, todos são ricos em ácido fólico.
  • Frango com pele: Uma alternativa ao peixe para obter colágeno é o frango com pele. Você também pode usar os ossos do frango para fazer um caldo de osso para outra fonte de colágeno diz Amanda.
  • Leguminosas: São outra grande fonte de proteína vegetariana e também contam com vitaminas B e ferro.

Fuja dos maus hábitos e veja também quais são os 10 segredos para conquistar o cabelo dos sonhos com cuidados cotidianos.

1. Corte o cabelo

Parece contraditório, mas não é. “Se você quer que seu cabelo cresça, deve aparar as pontas regularmente”, explica a cabeleireira Gerlane de Lima. O corte é um estímulo para o crescimento porque promove uma renovação dos fios e retira as pontas duplas, que fazem os cabelos crescerem mais lentamente, acrescenta.

2. Cuide do couro cabeludo

Manter a saúde do couro cabeludo também contribui para beleza e crescimento dos fios. Esqueça-se disso e o resultado será caspa, descamação, oleosidade em excesso e até prejuízo na nutrição do cabelo.

A pele do couro cabeludo deve ser o foco da atenção principalmente para as pessoas com cabelos ralos, pois ela está mais exposta à radiação solar e seus danos, orienta a dermatologista Bruna Duque Estrada.

Outra orientação é massagear a pele do couro cabeludo durante a lavagem para estimular a circulação na área.

3. Hidratação

O ressecamento é um dos principais vilões do cabelo longo porque os óleos produzidos naturalmente no couro cabeludo não conseguem chegar até as pontas. “A hidratação é importante para manter qualquer cabelo bonito e saudável, e nos casos dos cabelos compridos ela é indispensável”, afirma Gerlane.

Mas atenção: máscaras e condicionadores devem ser aplicados do comprimento para baixo – nunca na raiz! Certifique-se de que o enxague foi bem feito para retirar todos os resíduos. Outra dica é investir em hidratações mais potentes feitas no salão de beleza, pelo menos a cada dois meses, orienta a cabeleireira.

4. Use reparador de pontas

As formulas a base de gel ou silicone agem nos pontos com danos mais severos, reconstruindo as pontas duplas. O reparador de pontas é um grande aliado no objetivo de conseguir um cabelo mais macio e sem frizz.

5. Não abuse das altas temperaturas

Secadores e chapinhas roubam a água e a proteína dos fios, diz Gerlane de Lima. Seco, o cabelo quebra com mais facilidade. Por isso, deixe o secador de lado e, quando for impossível evita-lo, utilize um protetor térmico.

6. Escove e desembarace do jeito certo

O excesso de atrito provocado pelo pente ou escova pode fragilizar os fios, resultando em frizz, falta de brilho e pontas duplas. Para eliminar este tipo de dano, escovas com cerdas naturais ou pentes de madeiras são as melhores opções.

Não tenha pressa na hora de pentear os cabelos. Desembaraçar os fios de qualquer jeito também provoca danos. O melhor momento para fazer isso é durante o banho ou depois de aplicar um leave-in, pois os fios estão mais flexíveis e oferecem menos resistência.

7. Molhado? Nem pensar!

Quando os fios estão molhados eles ficam mais flexíveis e, por isso, quebram facilmente. Por isso nunca (nunca mesmo) durma com os cabelos úmidos! Este mau hábito afeta inclusive a saúde capilar e pode contribuir para a proliferação de fungos e bactérias no couro cabeludo.

Também evite prendê-lo ainda úmido muito menos encharcados. O ideal é deixar o fio respirar e lavar sempre nas primeiras horas do dia.

8. Lave corretamente

Por mais relaxante que possa parecer, não lave o cabelo com a água muito quente nem todos os dias. A água fria ajuda a fechar as cutículas e a evitar aquele aspecto de cabelo descamado e arrepiado.

Usar xampu antirresíduo uma vez por semana ajuda a equilibrar o Ph dos fios e a eliminar sujeirinhas acumuladas durante a semana, sugere Bruna.

9. Alimente-se bem

Quem se alimenta mal corre o risco de ficar com o cabelo fraco e quebradiço. Se você quer que seu cabelo cresça mais rápido, procure ingerir alimentos ricos em aminoácidos (presentes na carne), silício (aveia) e zinco (encontrado nos cereais).

Alimentos ricos em vitamina B7, a biotina, também favorecem na beleza e saúde das madeixas.

10. Sem estresse

Sim, o estresse mexe com o crescimento dos fios. Ele altera o funcionamento do corpo todo e acaba impactando no ciclo dos folículos pilosos podendo levar a casos graves de queda de cabelo.

Por isso, relaxe, durma melhor, pratique atividade física. Enfim, não deixe este vilão afetar sua cabeleira. Seguindo estas dicas é possível ter um cabelo comprido, lindo e saudável.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.