Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Campeã do BBB 18, Gleici Damasceno diz que sofreu abuso e agressão de ex, e Wagner Santiago posta sobre ‘livramento’

Gleici Damasceno, campeã do BBB 18 — Foto: Reprodução/Instagram
Gleici Damasceno, campeã do BBB 18 — Foto: Reprodução/Instagram

A ex-BBB Gleici Damasceno, campeã do “BBB 18”, fez uma postagem prestando apoio à apresentadora Ana Hickmann e aproveitou para contar que também já viveu um relacionamento abusivo.

“Lamento que Ana Hickmann tenha passado por isso. O que ocorreu com ela me fez recordar um ex-namorado abusivo/agressor. Naquela época, hesitei em chamar a polícia, principalmente para protegê-lo (me arrependo profundamente). Foram anos de terapia para superar isso”, escreveu no Twitter, na noite desta segunda-feira. 

“Desejo todo o amor para ela, esperando que consiga romper esse ciclo de violência e seguir uma vida plena. Ana é uma mulher forte e inteligente, capaz de inspirar outras a não viverem relacionamentos abusivos”, finalizou Gleici. 

Muitas pessoas começaram a questionar quem poderia ser o namorado que foi abusivo com Gleici. Sem citar nomes, ela disse apenas: “É quem vocês estão pensando SIM”. A ex-BBB ainda postou um print de uma mensagem que seria do ex que foi abusivo com ela. “Essa mensagem me fez voltar, pois eu acreditei que a pessoa iria mudar, mas nada mudou, então não acredite que você vai mudar ele. Não vai”, disse. 

Ana Hickmann registrou, no último sábado, um boletim de ocorrência contra o marido, Alexandre Correa, por lesão corporal e violência doméstica. 

Logo após a publicação de Gleici, Wagner Santiago foi aos Stories do Instagram e escreveu um post enigmático sobre livramento.

“Algumas pessoas apenas ficarão junto enquanto puderem obter de você algo que satisfaça os interesses delas. Quando não tiverem mais nada de que possam se aproveitar, sumirão. E esse sumiço será um dos mais prazerosos livramentos de sua vida”, escreveu ele.

Momentos depois, Gleici rebateu as críticas de que estaria fazendo as denúncias para ‘chamar a atenção’ e explicou que demorou a falar do assunto pois não teve coragem e que a história de Ana Hickmann a ajudou a falar.

“Hoje em dia, eu estou bem, segura e feliz, mas eu sei que muitas mulheres não estão, e sim na época eu não tive coragem, postei hoje porque a história da Ana de certa forma me gatilhou, e ao mesmo tempo admirei a coragem dela de denunciar na hora. São tantas histórias horrorosas que eu vivi, com e sem testemunhas. Coisas que eu nunca vou esquecer, quem já viveu isso sabe. Meus amigos na época tentaram me alertar ao presenciar algumas situações, mas eu estava tão dependente emocionalmente que não conseguia enxergar toda violência…”, postou Gleici.

“Eu entendo que hoje tudo é sobre ela, não estou querendo ‘aparecer’, como poucas pessoas estão sugerindo, estou mais é querendo reforçar o quanto ela foi corajosa e isso pode fazer muitas mulheres encerrarem ciclos de violência”, completou.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.