Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 5 de março de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Caso Abin: Polícia Federal encontra US$ 170 mil em espécie na casa de diretor afastado

Os diretores afastados estavam no cargo na gestão de Jair Bolsonaro (PL)
O dinheiro estava na casa de um dos diretores afastados da entidade - Crédito: Polícia Federal
O dinheiro estava na casa de um dos diretores afastados da entidade - Crédito: Polícia Federal

A Polícia Federal encontrou, na manhã desta sexta-feira (20/10), US$ 171.800 em espécie na residência de um dos diretores afastados da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A agência é alvo de uma ação deflagrada para apurar o uso de um sistema israelense para monitorar celulares dos alvos por meio de sistemas de geolocalização.

De acordo com informações da Polícia Federal obtida, o dinheiro estava na casa de um dos diretores afastados da entidade por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ao todo, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão, sendo 17 no Distrito Federal (Brasília), um em Goiás (Alexânia), dois em São Paulo (São Paulo e São José dos Campos), dois no Paraná (Curitiba e Maringá) e três em Santa Catarina (Florianópolis, São José e Palhoça).

Também foram expedidos dois mandados de prisão preventiva no DF, cinco de afastamentos contra a diretoria da Abin, também no DF. Os diretores afastados estavam no cargo na gestão de Jair Bolsonaro (PL) e foram mantidos no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.