Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 16 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Com 32 passagens pela polícia, ‘General do PCC’ é morto a tiros na frente de casa em MS

Ruan Henrique Lima, de 22 anos, conhecido por se autodenominar ‘General do PCC’
Ruan Henrique Lima, de 22 anos, conhecido por se autodenominar ‘General do PCC’

Ruan Henrique Lima, de 22 anos, conhecido por se autodenominar ‘General do PCC’, foi brutalmente assassinado a tiros na madrugada desta segunda-feira (8) em frente à sua residência na Rua das Jabuticabas, no Centro de Sonora, município situado no Norte do Estado.

De acordo com informações da Polícia Civil, Ruan foi alvejado por cerca de quatro disparos de arma de fogo. Apesar de ter sido prontamente socorrido e conduzido ao Hospital Municipal, o jovem não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Testemunhas relataram que dois indivíduos foram vistos conversando com a vítima e são considerados suspeitos do crime.

A cena do crime mobilizou equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e Perícia Técnica, que estiveram no local para investigar as circunstâncias do homicídio. Durante a busca na residência de Ruan, foi encontrada uma bolsa contendo 34,9 gramas de maconha, além de quatro aparelhos de celular que serão submetidos à perícia.

Ressalta-se que Ruan Henrique Lima acumulava um extenso histórico criminal, totalizando 32 passagens pela polícia. Suas infrações incluíam crimes como desobediência, favorecimento pessoal, posse irregular de arma de fogo, homicídio simples, porte de drogas, receptação, tráfico de drogas e associação criminosa.

Em 2019, o falecido se auto-intitulou como ‘General do PCC’ em Pedro Gomes, cidade a 296 quilômetros de Campo Grande. No ano de 2021, ele foi reconhecido como o segundo no comando do PCC em Sonora, onde veio a ser assassinado. Ruan também era conhecido pelos apelidos “Don Juan” e “Lacoste”.

Até o momento, a identidade dos autores do crime permanece desconhecida. A Polícia Civil de Sonora está conduzindo as investigações, tratando o caso como homicídio simples.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.