Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 2 de março de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Com participação de MS, Zona de Integração do Centro-Oeste coordena esforços para desenvolvimento da região

O Brasil passou a fazer parte da Zicosul com a adesão de Mato Grosso do Sul, que participou ativamente da articulação internacional necessária à consolidação da conformação zona de integração
Foto: Saul Schramm
Foto: Saul Schramm

Com participação de Mato Grosso do Sul, e outros estados do Brasil – Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul –, além da Bolívia, Paraguai, Argentina, Uruguai, Chile e Peru, a Zicosul (Zona de Integração do Centro-Oeste da América do Sul) realizou uma reunião plenária na manhã desta quarta-feira (25).

O governador Eduardo Riedel participou remotamente do encontro onde foi realizada a votação e transferência (temporária) da presidência ao representante do estado do Paraná, o governador Carlos Roberto Massa Júnior – o Ratinho Jr. que também formalizou a candidatura ao cargo.

“A integração e cooperação com países vizinhos e potenciais compradores de nossos produtos e serviços possibilita o acesso a novas estâncias governamentais fortalecendo a cooperação internacional e em consequência, o comércio exterior no Estado”, disse o governador Eduardo Riedel.

Criação

A Zona de Integração, Zicosul, teve o marco criador no início da década de 90, por iniciativa conjunta de representações governamentais regionais e representações de setores privados da Chile, Argentina, Bolívia e Paraguai. Atualmente tem adesão de sete países, conta com Brasil, Peru e Uruguai, e congrega 71 regiões administrativas da América do Sul.

A iniciativa busca a coordenação de esforços para o desenvolvimento e integração da região, baseados na cooperação como caminho para o crescimento econômico, melhoria da qualidade de vida e condições de equilíbrio necessárias ao desenvolvimento sustentável, tendo como ferramentas para o fomento às atividades produtivas, industriais, comerciais, de investimentos financeiros, promoção turística e atividades culturais comuns.

O Brasil passou a fazer parte da Zicosul com a adesão de Mato Grosso do Sul, que participou ativamente da articulação internacional necessária à consolidação da conformação zona de integração, bem como da organização e estruturação dos trabalhos internos, criação das redes de cooperação, comitês de trabalho conjunto e encontros internacionais nos anos 2000.

Rota Bioceânica

A cooperação entre as regiões que conformam a Zicosul viabiliza, entre outras ações, o acesso e a definição de corredores de transporte nos modais que possibilitem o melhor acesso aos portos internacionais da região e a melhoria no escoamento de produtos das mais diversas naturezas, com espaço para consolidação do Corredor Bioceânico Rodoviário como via natural para escoamento de produtos para a região como um todo.

Para Mato Grosso do Sul, a parceria estabelecida em estância regional abre e fortalece caminhos para cooperação em temáticas comuns como infraestrutura, meio ambiente, saúde, comércio exterior, tecnologias e integração cultural, bem como fortalece os laços existentes por conta da proximidade física e características sociais e culturais muito semelhantes.

Desta reunião, além da posse do novo presidente temporário, extrai-se a proposta de trabalho apresentada pelo governador do Paraná, que define e eixos inicial de trabalho com a criação de programa de intercâmbio de estudantes, além de sistema de ciência, tecnologia e inovação e corredores bioceânicos multimodais.

Ainda nesta quarta-feira, l Conselho Consultivo da Zicosul, formado por representantes das áreas de articulação internacional, se reúne para aprovação das atividades desenvolvidas no período de 2017 a 2023, pela Província de Tucuman e apresentação das propostas de temas prioritários a serem abordados na gestão do Paraná.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.