Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 15 de junho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Corinthians corre sérios riscos de perder patrocinador após polêmica

A situação entre o Corinthians e a Vai de Bet é um exemplo crítico de como questões legais e de imagem podem interferir nas parcerias de patrocínio esportivo, trazendo desafios tanto para os clubes quanto para as empresas que neles investem
Imagens - Danilo Fernandes
Imagens - Danilo Fernandes

Recentemente, a equipe do Corinthians se viu no centro de uma polêmica envolvendo seu patrocinador master, a casa de apostas ‘Vai de Bet‘. Segundo divulgações, surgiu a suspeita de que um intermediário não oficial, conhecido popularmente como ‘laranja‘, foi utilizado para firmar o contrato de patrocínio, colocando em risco a continuidade da parceria.

Qual é o impacto dessa polêmica para o Timão?

A ‘Vai de Bet‘, que firmou um contrato avaliado em R$ 370 milhões por três anos com o clube, expressou seu descontentamento diante das acusações e ameaça rescindir o acordo. Esta decisão poderia forçar o Corinthians a pagar uma multa de R$ 30 milhõesreferente a 10% do valor remanescente do contrato, caso não consiga justificar a quebra contratual por justa causa.

Qual o impacto para a marca VaideBet?

A contínua exposição negativa nos meios de comunicação tem afetado significativamente a imagem da VaideBet, que busca através do patrocínio promover a credibilidade e o reconhecimento da sua marca no mercado. A empresa expressa preocupação de que os objetivos principais do patrocínio estejam sendo ofuscados pelos escândalos e pela má publicidade associada.

Resumo da Situação

  1. Crise de imagem: A Vai de Bet expressa preocupação com sua reputação devido aos escândalos envolvendo seu patrocinado, Corinthians.
  2. Condições contratuais: O contrato prevê multa de cerca de R$ 30 milhões para rescisão sem justa causa.
  3. Acusações: Denúncias envolvem pagamentos a possíveis empresas laranjas ligadas a ex-membro da campanha presidencial do clube.

A situação entre o Corinthians e a Vai de Bet é um exemplo crítico de como questões legais e de imagem podem interferir nas parcerias de patrocínio esportivo, trazendo desafios tanto para os clubes quanto para as empresas que neles investem.

Como o Corinthians está lidando com a situação?

Na tentativa de gerenciar a crise, o Corinthians já se posicionou oficialmente sobre o assunto. Em nota, o clube reforça a legalidade de suas ações e a regularidade das empresas envolvidas em todas as negociações. Além disso, nega qualquer responsabilidade sobre transações financeiras feitas para terceiros e se compromete a investigar a fundo a questão, buscando dialogar sobre possíveis ilícitos com o Conselho Deliberativo.

Este episódio não apenas mancha a imagem do clube como também coloca em xeque a confiança de outros patrocinadores e parceiros. A diretoria do Timão se vê agora na urgente necessidade de esclarecer os fatos e garantir a transparência e integridade de suas operações para manter suas parcerias comerciais vitais para a saúde financeira do clube.

Qual será o próximo passo para o Corinthians?

Diante desse cenário desafiador, o futuro da relação entre Corinthians e ‘Vai de Bet‘ permanece incerto. As próximas semanas serão cruciais para determinar se o clube conseguirá tranquilizar seu patrocinador e manter o acordo, que representa uma significativa fonte de renda, ou se enfrentará consequências financeiras severas pela possível rescisão contratual.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.