Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 17 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Criança que estava desaparecida há oito meses é encontrada morta

Os familiares pediram aos jornalistas alguma distância e agradeceram a todos os envolvidos na investigação, que já durava há oito meses

Os pais de Émile, o menino desaparecido há oito meses, reagiram neste domingo à descoberta dos restos mortais da criança. Em comunicado divulgado pelo advogado da família e citado pela imprensa francesa, expressaram que é hora de iniciar o processo de luto. De acordo com o comunicado, os pais de Émile, de dois anos e meio, interpretam essa descoberta como um sinal de que ele está sob a proteção de Deus neste Domingo de Ressurreição.

O advogado, Me Triomphe, agradeceu a todos que apoiaram a família, incluindo juízes e investigadores, pelo profissionalismo e humanidade demonstrados nos últimos meses, especialmente neste momento difícil. Apesar da dor contínua, os pais pediram respeito à privacidade e solicitaram aos jornalistas que evitem comparecer à sua casa ou tentar contato.

No sábado, foram encontrados ossos perto da aldeia onde Émile desapareceu. Análises genéticas confirmaram que se tratavam dos restos mortais do menino. Os ossos foram encaminhados para análise de DNA após serem descobertos perto da aldeia de Vernet.

Até o momento, não foram divulgados detalhes sobre suspeitos ou detenções relacionadas a essa trágica descoberta. Na quinta-feira, foi realizada uma reconstituição do desaparecimento na presença da família, vizinhos e testemunhas na aldeia de Haut-Vernet, onde Émile foi visto pela última vez. Um total de 17 pessoas foram convocadas pelo juiz de instrução durante a investigação, que durou cerca de oito horas.

É importante lembrar que Émile desapareceu em 8 de julho do ano passado, enquanto brincava no jardim da casa dos avós na pequena região de Vernet. A advogada dos avós de Émile, Isabelle Colombani, se recusou a comentar por respeito à família, afirmando que esperará até depois do fim de semana de Páscoa para tomar qualquer medida.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.