Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 16 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Desista agora! 6 motivos para você não comprar um celular dobrável

Desista agora! 6 motivos para você não comprar um celular dobrável . Imagem: Reprodução
Desista agora! 6 motivos para você não comprar um celular dobrável . Imagem: Reprodução

Os celulares dobráveis estão se tornando cada vez mais populares no mercado de smartphones. Com sua tecnologia inovadora e design futurista, esses dispositivos oferecem uma experiência única aos usuários. No entanto, antes de mergulhar neste mundo de tecnologia empolgante, é essencial conhecer os segredos por trás desses aparelhos. Neste artigo, vamos explorar as desvantagens dos celulares dobráveis e fornecer informações importantes que você deve considerar antes de realizar uma compra.

1. Aparelho mais frágil

Uma das principais desvantagens dos celulares dobráveis é a fragilidade de suas telas. Diferentemente dos telefones tradicionais, que possuem telas mais grossas e duráveis, os celulares dobráveis têm telas mais finas e maleáveis. Essa característica permite que o dispositivo seja dobrado, mas também torna a tela mais suscetível a danos.

Para tornar as telas dobráveis possíveis, os fabricantes utilizam plástico ou vidro ultrafino, o que torna as telas extremamente sensíveis. Muitos usuários têm reclamado que, com o tempo, aparecem marcas na tela bem no eixo onde o celular se dobra. Por essa razão, é recomendado manter a película protetora fornecida pelo fabricante e evitar remover essa proteção.

Além disso, a maioria dos celulares dobráveis não é resistente à água e poeira, o que limita seu uso em ambientes mais adversos, como praias ou locais com maior exposição a poeira. Portanto, se você é uma pessoa que gosta de levar o celular para atividades ao ar livre, é importante considerar essa limitação.

2. Geralmente a câmera não é das melhores

Outra desvantagem dos celulares dobráveis é a qualidade das câmeras. Devido ao seu design e espaço interno limitado, a maioria dos celulares dobráveis não possui câmeras tão avançadas quanto os modelos tradicionais de topo de linha.

Para exemplificar, vamos comparar o Motorola Razr 40 Ultra, um celular dobrável, com o Galaxy S23 Ultra, um celular tradicional. O Razr 40 Ultra possui uma câmera principal de 12 MP e uma secundária de 13 MP, enquanto o Galaxy S23 Ultra possui uma câmera principal de 200 MP. Essa diferença de qualidade nas câmeras pode ser um fator a ser considerado, especialmente se você é um entusiasta da fotografia.

3. Bateria com menos mAh que os celulares tradicionais

Devido ao seu design dobrável, os celulares dobráveis possuem menos espaço interno para acomodar componentes, como a bateria. Isso resulta em uma capacidade de bateria menor quando comparada aos modelos tradicionais de smartphones.

Por exemplo, o Galaxy S23 Ultra, um celular tradicional, possui uma bateria de 5.000 mAh, enquanto o Motorola Razr 40 Ultra, um celular dobrável, possui uma bateria de 3.800 mAh. Essa diferença na capacidade da bateria pode afetar o desempenho do dispositivo, resultando em uma menor autonomia de uso.

4. Ainda está em aperfeiçoamento

Os celulares dobráveis são uma releitura dos antigos modelos dobráveis dos anos 2000, mas com novos componentes e funções. Por serem produtos relativamente novos, muitas coisas ainda estão em fase de aperfeiçoamento. Os fabricantes estão constantemente realizando melhorias nos dispositivos com base no feedback dos usuários.

É importante ter em mente que ao comprar um celular dobrável, você estará participando desse processo de aprimoramento. Os problemas relatados pelos usuários, como marcas na tela, dobradiças com problemas e dificuldades de reparo, são dados valiosos para a evolução desses dispositivos. No entanto, se você não está disposto a lidar com possíveis obstáculos e ajustes, pode ser melhor aguardar futuras gerações de celulares dobráveis mais refinados.

5. O conserto é mais difícil

Outra questão a se considerar ao adquirir um celular dobrável é a dificuldade de reparo. Como esses dispositivos possuem um design único e ainda são relativamente novos no mercado, muitas assistências técnicas podem não ter a expertise necessária para consertá-los. Isso pode resultar em reparos mais complicados e caros.

Algumas marcas, como a Samsung, já possuem programas de seguro e assistência técnica especializada para celulares dobráveis. No entanto, se você não tiver acesso a uma assistência técnica autorizada, o conserto do seu dispositivo pode levar mais tempo e ser mais desafiador.

6. É mais caro

Por fim, é importante mencionar que os celulares dobráveis tendem a ser mais caros do que os modelos tradicionais. Isso ocorre devido ao maior custo de pesquisa, desenvolvimento e produção desses dispositivos.

De acordo com a agência de notícias japonesa Nikkei, um Galaxy Z Fold 4, por exemplo, custa cerca de US$ 670 para ser produzido pela Samsung, mas é vendido por três vezes esse valor. Portanto, mesmo que você seja um entusiasta da tecnologia, é importante considerar se o custo-benefício de um celular dobrável é realmente vantajoso para você.

Tecnologia está sempre em evolução

Embora os celulares dobráveis possam ser atraentes por sua tecnologia inovadora e design futurista, é importante considerar todas as desvantagens antes de realizar uma compra. As telas mais frágeis, a menor resistência à água e poeira, as câmeras de qualidade inferior, as baterias com menor capacidade, os produtos ainda em aperfeiçoamento, os reparos mais difíceis e caros e os preços mais elevados são fatores importantes a serem ponderados.

No entanto, é importante ressaltar que a tecnologia está sempre evoluindo, e com o tempo essas desvantagens podem ser superadas. Se você está disposto a lidar com os possíveis obstáculos e deseja experimentar a inovação dos celulares dobráveis, faça uma pesquisa aprofundada, considere suas necessidades e expectativas, e tome uma decisão informada.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.