Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 1 de março de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Ex-diretor de presídio paraguaio é executado por pistoleiros na manhã desta quinta-feira 

O ex-diretor da penitenciária de Pedro Juan Caballero, Domingo Bazán Rojas, foi executado na manhã desta quinta-feira (23/11) quando se deslocava para o estabelecimento penal de Concepción, distante pouco mais de 200 quilômetros de Mato Grosso do Sul. 
A suspeita é que dois homens teriam cometido o crime. Rojas trabalhou em vários presídios do Paraguai e atualmente exercia funções administrativas.

De acordo com as informações da imprensa da fronteira, há dois anos ele chegou a ser ameaçado por integrantes de um clã criminoso que atua na região, porém, ainda não há informações sobre a ligação com o caso.  
O corpo de Domingo Rojas foi encontrado em uma área de mata, distante poucos metros da penitenciária de Concepción. 

Ainda conforme apurado até o momento, a vítima seguia em veículo próprio, quando os pistoleiros se aproximaram e efetuaram. 
No carro, foram encontradas 10 marcas de disparos. A suspeita é que ele tenha trocado tiros com os criminosos. 

Aparentemente, Bazán reagiu e também disparou alguns tiros, mas ficou sem munição e decidiu correr para uma mata, próximo às instalações da Associação Rural do Paraguai (ARP), a dois quilômetros do centro da cidade.

O caso é investigado pela polícia do Paraguai

Domingo Bazán Rojas foi diretor dos presídios de Ciudad del Este, Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Mato Grosso do Sul através de Ponta Porã e Concepción.  Além disso, ocupou outros cargos importantes no país vizinho.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.