Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 17 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Filho de Gal Costa fala sobre briga por herança: “Onde estão as coisas?”

O corpo de Gal foi direto de sua casa para o velório. Em uma situação como essa, quando a pessoa morre em casa, o corpo normalmente passa antes pelo IML ou pelo sistema de verificação de óbito, para que possa ser identificada a causa da morte
Gal Costa morreu em novembro de 2022
Foto: Nilton Fukuda
Gal Costa morreu em novembro de 2022 Foto: Nilton Fukuda

Gabriel Costa e Wilma Petrillo falaram sobre a disputa que travam na Justiça pela herança de Gal, que faleceu em novembro de 2022. Em entrevista ao Fantástico da TV Globo, exibido neste domingo, 31, o filho da cantora explica o motivo pelo qual pede pela exumação do corpo, além de exigir respostas sobre a localização de todo o patrimônio de Gal e a anulação do reconhecimento da união estável da cantora com Wilma. De acordo com ele, elas não eram um casal e que, portanto, a atual viúva não tem direito à metade do patrimônio.

Depois de 1 ano e três meses da morte da cantora, Wilma relembrou como foi o falecimento de Gal e porquê não quis falar sobre o assunto, mesmo em meio a rumores. “Por que eu teria que contar? (…) Gal não queria”, falou.

Relembrando a morte

De acordo com ela, foi muito ‘triste” e a forma repentina é o que tem levantado dúvidas em Gabriel. Wilma relembra que Gal foi diagnosticada com câncer na narina esquerda e depois da primeira sessão de radioterapia que a cantora começou a passar mal. 

Wilma e Gabriel contam que ela chegou enjoada em casa. Após assistir um pouco de televisão com o filho, pediu para ir para o quarto, lá afirmou estar com “muito frio”. O rapaz conta que deu boa noite para a mãe e relembra que Wilma lhe informou de que Gal não estava bem, que estava com calafrios e que tinha vomitado, mas que já havia sido medicada. 

“Aí ela acordou e disse, ‘você tá melhor?’ Ela falou, ‘tô, tô melhor’. Aí ela deitou a cabeça assim, olhou e disse: ‘então vai ser assim? Você vai ficar comigo até… eu já não sei mais viver sem você’. Como ela estava enjoada, ela virou na cama (…) eu achei que ela fosse vomitar”, relembra Wilma.

Gabriel relembra que foi acordado por Wilma por volta das 4h e 5h da manhã, para ajudar a virá-la. Porém, quando a chamou, Gal já não respondia. A viúva conta que tentou olhar o pulso, mas que já não havia sinais. 

“Ela tava começando a ficar fria. Tava começando a ficar pálida. A boca dela tava roxa. Liguei pra ambulância do SAMU. Aí o SAMU me atendeu, eles falaram que faz uns processos massagens cardíacas. Falaram pra eu fazer o tempo todo até eles chegarem”, conta o rapaz. 

Quando o socorro finalmente chegou, os socorristas afirmaram que o coração da cantora havia parado. “Aí eles começaram a conversar ali entre médicos, porque eu comecei a chorar muito lá no meu quarto, quando eu ouvi que deu óbito. Aí eu dei uma saída porque eu precisava respirar. Aí eu não sei o que aconteceu, mas minha mãe ficou lá na cama dela, morta, até o dia de ser levada para o sepultamento”, explica Gabriel. 

O corpo de Gal foi direto de sua casa para o velório. Em uma situação como essa, quando a pessoa morre em casa, o corpo normalmente passa antes pelo IML ou pelo sistema de verificação de óbito, para que possa ser identificada a causa da morte. Porém, Wilma não quis que a autópsia fosse feita, pois, segundo ela, não era algo que a cantora desejava fazer. 

“Não teve autópsia. Então, não tinha como eles saberem se foi algo mais profundo, algo a mais que a parada cardíaca”, pontuou Gabriel. “(…) Eu só quero ter certeza que é realmente a parada cardíaca, entendeu? Foi tudo muito repentino”. 

Segundo a reportagem do Fantástico, na certidão de óbito de Gal constam parada cardíaca e câncer, mas esse documento só veio a público meses depois da morte. Em resposta ao questionamento, Wilma diz não entender o motivo da desconfiança. “Ele acha que eu matei a mãe dele? Que eu matei Gal?”, perguntou.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.