Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Índia importa recorde de óleo de palma e óleo de girassol; reduz compra de óleo de soja

As importações de óleo de soja no ano caíram 12%, para 3,68 milhões de toneladas, já que na maior parte dos meses ele foi negociado com um prêmio sobre o óleo de palma e o óleo de girassol
A gordura de palma contém vitamina E, que é uma substância com alto poder antioxidante
A gordura de palma contém vitamina E, que é uma substância com alto poder antioxidante

As importações pela Índia de óleo de palma e óleo de girassol em 2022/23 aumentaram 24% e 54%, respectivamente, atingindo níveis recordes devido a uma recuperação no consumo e porque ambos estavam disponíveis com um grande desconto em comparação com o concorrente óleo de soja, disse um importante órgão comercial nesta segunda-feira.

O aumento das compras pelo maior importador mundial de óleos vegetais pode ajudar a reduzir os estoques de óleo de palma na Indonésia e na Malásia e apoiar os futuros de referência. As compras também poderiam reduzir os estoques nos países produtores de óleo de girassol do Mar Negro.

As importações de óleo de palma ficaram em 9,79 milhões de toneladas no ano comercial de 2022/23, encerrado em 31 de outubro, enquanto as importações de óleo de girassol aumentaram para 3 milhões de toneladas, informou a Associação de Extratores de Solventes da Índia (SEA), com sede em Mumbai, em um comunicado.

As importações de óleo de soja no ano caíram 12%, para 3,68 milhões de toneladas, já que na maior parte dos meses ele foi negociado com um prêmio sobre o óleo de palma e o óleo de girassol.

O total de importações de óleo comestível no ano subiu para um recorde de 16,47 milhões de toneladas, um aumento de 17,4% em relação ao ano anterior, uma vez que a medida do governo de reduzir o imposto de importação sobre óleos comestíveis para 5,5% incentivou as compras no exterior, informou a SEA.

O governo reduziu os impostos de importação quando os preços dos óleos comestíveis estavam subindo no mercado mundial no ano passado, mas não os aumentou depois que os preços caíram, disse um negociante de Nova Délhi de uma trading global.

“A correção de preços no mercado mundial, juntamente com as tarifas mais baixas, tornou o óleo comestível mais barato e estimulou o consumo”, disse o comerciante.

O aumento das importações elevou os estoques de óleo vegetal para 3,3 milhões de toneladas em 1º de novembro, de 2,46 milhões de toneladas há um ano, informou a SEA.

A Índia compra óleo de palma principalmente da Indonésia, Malásia e Tailândia, enquanto importa óleo de soja e óleo de girassol da Argentina, Brasil, Rússia e Ucrânia.

As refinarias indianas estavam comprando agressivamente de novembro a janeiro e de julho a setembro, já que os preços estavam atrativos no mercado mundial, mas reduziram as importações em outubro devido ao aumento dos estoques, disse Rajesh Patel, sócio-gerente da GGN Research, uma corretora e negociadora de óleos comestíveis.

As importações de óleo de palma do país em outubro caíram 15% em relação ao mês anterior, para 708.706 toneladas, o menor volume em quatro meses, informou a SEA.

As importações de óleo de soja em outubro caíram 62% em relação a setembro, para 135.325 toneladas, o menor volume em 34 meses. O óleo de girassol caiu 49%, para 153.780 toneladas, o menor volume em 7 meses, segundo a SEA.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.