Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 1 de março de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Instituto Butantan recebe insumos para fabricação de 14 milhões de doses da Coronavac

Foto: Amanda Perobelli
Foto: Amanda Perobelli

Instituto Butantan recebeu, nesta quinta-feira (4), uma nova remessa da matéria-prima para fabricação da vacina contra o coronavírus Coronavac. Com o lote de 8,2 mil litros do insumo, o instituto deve envasar 14 milhões de doses do imunizante para entrega ao Ministério da Saúde.

O Butatan já repassou ao Ministério da Saúde 14,45 milhões de doses da vacina. A previsão é de que até o final de março sejam entregues mais 21 milhões de unidades do imunizante.

O acordo do instituto com o ministério prevê a entrega de 100 milhões de doses em 2021.

Desde fevereiro, o Butantan tem recebido remessas regulares da matéria-prima para a vacina. No instituto, o imunizante é envasado, rotulado, embalado e passa ainda por um controle de qualidade.

Remessas da vacina

Atualmente, as vacinas contra a Covid-19 aplicadas no Brasil são a Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, que tem um acordo com o governo do estado de São Paulo para fabricação no Instituto Butantan, e a Covishield, criada pela farmacêutica AstraZeneca e a pela Universidade de Oxford.

O governo federal tem um acordo para produção da Covishield pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), que , até o momento, também depende da importação de insumos.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.