Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Luana Piovani vira alvo de deboche em podcast português

Tudo por causa de alguns comentários que a brasileira fez sobre as suas experiências em Portugal, onde vive desde 2019, para as apresentadoras Boo Unzueta e Tata Estaniecki

Luana Piovani virou alvo de deboche em um podcast português neste final de semana. Tudo por causa de alguns comentários que a brasileira fez sobre as suas experiências em Portugal, onde vive desde 2019, para as apresentadoras Boo Unzueta e Tata Estaniecki.

A atriz contou que uma vez ao pedir uma pizza em um restaurante perguntou para o garçom se tamanho grande viria com seis ou oito pedaços. “Ele respondeu que dependia de quantos pedaços era para cortar”, disse Luana arrancando gargalhadas no estúdio do Poddelas.

Só que no programa português Extremamente Desagradável, quadro de humor da atração As Três da Manhã, a apresentadora Joana Marques e mais duas convidadas Inês Lopes Gonçalves e Ana Galvão, não acharam tanta graça assim do relato. “Mas tem lógica. Tem razão. Pode ser 12 (pedaços) ou dois”, comentou uma convidada.

Joana continuou tecendo comentários sobre a “piada” de Piovani e pediu a atenção dos ouvintes para uma “revelação mais surpreendente do dia” ao destacar outra experiência de Luana. “Não existe refrigerante em Portugal. Não existe, ninguém toma. Você chega no restaurante e não tem um refrigerante na mesa. É água e vinho”, afirmou a brasileira.

A apresentadora então não perdoou Luana. “Por sermos um povo que sofre muito com essa ausência de bebidas gaseificadas em nossas vidas, eu mandei vir de fora, para as minhas amigas, uma coisa que, se calhar, vocês nunca viram. Estão prontas?”, e abre uma latinha de refrigerante. As convidadas reagem com surpresa e dizem. “Faz um som maravilhoso, nunca tinha ouvido”, brincam.

Por fim, Joana terminou o programa com uma analogia do filme “Os Deuses devem estar loucos”(1980), do diretor Jamie Uys. “Para a Luana Piovani, os portugueses são como os indígenas no filme ‘Os Deuses Devem Estar Loucos’. Cai uma garrafa de Coca-Cola do céu, e nós não fazemos ideia do que é aquele objeto estranho”,completou.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.