Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 24 de fevereiro de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Lula recebe Roger Waters, fundador da banda Pink Floyd no Planalto e lembra do apoio do músico na prisão

Presidente se encontrou com o ícone do rock no mesmo dia em que retomou agenda presencial no Executivo. Fundador do Pink Floyd está em Brasília para se apresentar em show
Roger Waters e Lula — Foto: Brenno Carvalho
Roger Waters e Lula — Foto: Brenno Carvalho

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu, na tarde desta segunda-feira (23/11), no Palácio do Planalto, o compositor e baixista Roger Waters, fundador da banda Pink Floyd. O encontro ocorre no mesmo dia em que o chefe do Executivo retoma a agenda presencial, após passar por duas cirurgias no fim do mês passado.

Também estavam na reunião a primeira-dama, Janja da Silva, e o músico Paulo Miklos, do Titãs. Waters está em Brasília para se apresentar em sua turnê de despedida, “This is Not a Drill”, na terça-feira (24/10), no Estádio Mané Garrincha. O ícone do rock é conhecido por seus posicionamentos de esquerda. Nas redes sociais, o petista lembrou do período em que esteve preso, em Curitiba (PR), e o músico tentou lhe visitar na prisão.

“Há cinco anos, @rogerwaters tentou me visitar em Curitiba e foi impedido. Hoje, quando ele retorna ao Brasil, nos encontramos no gabinete da presidência no Palácio do Planalto. #WishYouWereHere”, escreveu o presidente.

Imagem – Ricardo Stuckert

Lula retoma ao trabalho presencial no Palácio do Planalto depois de 23 dias de despachos da residência oficial da Presidência, o Palácio da Alvorada. Ele realizou dois procedimentos. O primeiro, a artroplastia, serviu para tratar a artrose no quadril direito. Já a segunda cirurgia foi realizada para retirar o excesso de pele e gordura em torno dos olhos com o envelhecimento da pele.

Em 2018, quando esteve no Brasil, Waters chamou Jair Bolsonaro de fascista. Em entrevista, ele elogiou o atual presidente e defendeu sua posição política.

Bolsonaro é um fascista e continuo dizendo #elenão. Sinto que estou do lado certo da História, e acredito que Lula também disse em setembro

O músico acrescentou que quando chegasse ao Brasil iria gritar “Viva o Brasil livre!”.

No início do mês, Roger Waters lançou seu sétimo álbum solo, “The dark side of the moon redux”. No disco, o músico relê o clássico do Pink Floyd, que fundou em 1965 com Syd Barrett, Nick Mason e Richard Wright.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.