Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 17 de julho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Maia ironiza Bolsonaro: “Vai demitir os ministros Ernesto Araújo e Salles?”

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ironizou declaração feita hoje pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que pretende realizar novas mudanças após a troca do comando da Petrobras. Ontem o presidente indicou o general Joaquim Silva e Luna para a presidência da estatal no lugar de Roberto Castello Branco.

“Se a imprensa está preocupada com a troca de ontem, semana que vem teremos mais. O que não falta para mim é coragem para decidir, pensando no bem maior para nossa nação”, disse Bolsonaro.

Em resposta irônica, Maia compartilhou reportagem do UOL sobre a declaração presidencial sugerindo que as próximas mudanças do mandatário serão em sua equipe ministerial, com a saída dos polêmicos Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Ricardo Salles (Meio Ambiente).

A troca do comando da petroleira dependerá do aval do conselho de administração da empresa. Na noite de ontem, o Ministério de Minas e Energia enviou ofício à Petrobras solicitando a convocação de uma assembleia geral de acionistas para efetivar a mudança indicada por Bolsonaro.

Ao longo da semana, as falas de Bolsonaro indicando que poderia trocar o comando da Petrobras derrubaram as ações da empresa no país e em bolsas do exterior. O presidente fez a declaração em evento na EspCEx (Escola Preparatória de Cadetes do Exércitos), em Campinas (SP). Ele, que foi aluno da instituição, acompanha uma cerimônia para recepção de novos alunos.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.