Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Mato Grosso do Sul bate novo recorde negativo e registra 60 óbitos por coronavírus em 24:00h.

Na manhã desta quinta-feira (25), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou mais um recorde negativo de Mato Grosso do Sul durante a pandemia. Em apenas um dia, foram registrados 60 novos óbitos por coronavírus, totalizando 3.975.

Antes de terminar, março de 2021 já é considerado o mês mais mortal desde o início da pandemia, com 616 mortes. Em segundo lugar ficou o mês de dezembro de 2020, quando foram registrados 587 óbitos, e em terceiro, janeiro de 2021, com 569.

Na quarta-feira, o secretário de Saúde, Geraldo Resende havia relatado sobre um acúmulo de óbitos sem encerramento devido a uma instabilidade do sistema de informação oficial do Ministério da Saúde (Sivep Gripe), impossibilitando que os municípios encerrassem os casos.

As vítimas fatais mais recentes, com idades entre 29 (sem comorbidades) e 86 anos, são dos seguintes municípios Campo Grande (23), Três Lagoas (4), Sidrolândia (3), Naviraí (3), Pedro Gomes (3), Novo Horizonte do Sul (2) e Dois Irmãos do Buriti (2).

Somou um óbito cada, Aquidauana, Rio Verde de Mato Grosso, Caracol, Água Clara, Ponta Porã, Porto Murtinho, Guia Lopes da Laguna, Coxim, Bonito, Aparecida do Taboado, Paraíso das Águas, Maracaju, Nioaque e Rochedo, Bataguassu, Santa Rita do Pardo, Tacuru, Alcinópolis, Dourados, Selvíria e Nova Andradina.

No último dia ainda foram confirmados 1.256 casos de coronavírus, totalizando 206.968, desses, 189.163 são considerados recuperados e 12.712 estão em isolamento domiciliar.

Mato Grosso do Sul também bateu um novo recorde no número de hospitalizados, chegando 1.118, sendo 649 em leitos clínicos e 469 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Desses, 771 estão em unidades públicas e 347 na rede privada.

Os hospitais apresentam superlotação, especificamente em MS, a macrorregião de Campo Grande figura com 103% de taxa de ocupação de leitos de UTI/MS, seguida por Corumbá (100%), Três Lagoas (98%) e Dourados (86%).

Desde o início da pandemia, o Estado registrou 656.968 notificações, 438.094 foram descartadas e 2.628 amostras estão em análise no Lacen (Laboratório Central). Outros 9.278 casos estão em aberto pelos municípios.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.