Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 14 de julho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Mato Grosso do Sul sobe 12 posições em ranking de isolamento após 1º dia de ‘feriadão’

Orientação do toque de recolher em Campo Grande — Foto: Prefeitura de Campo Grande/Divulgação
Orientação do toque de recolher em Campo Grande — Foto: Prefeitura de Campo Grande/Divulgação

Depois de seguidos dias com uma das menores taxas de isolamento social de todo o país, Mato Grosso do Sul subiu 12 posições no ranking nacional elaborado pela empresa Inloco com base em dados “anonimizados de geolocalizadores” de celular para identificar a taxa média de pessoas que permanecem nas proximidades dos respectivos domicílios.

Conforme já noticiado, no domingo (21) a taxa estadual foi de 43,19% e só superou a do Rio de Janeiro, de 42,31%. Naquela mesma data, os melhores resultados foram obtidos por Rio Grande do Sul (50,79%), Ceará (50,40%) e Paraná (50,21%).

Ontem, porém, primeiro dia do “feriadão” imposto em Campo Grande com a antecipação de cinco feriados para manter fechadas as atividades não consideradas essenciais, 45,74% dos sul-mato-grossenses permaneceram nas proximidades dos respectivos domicílios, conforme a Inloco.

Embora o crescimento da taxa de isolamento social tenha sido de apenas 2,55% entre domingo e segunda-feira, Mato Grosso do Sul saltou do penúltimo para o 14º no ranking nacional, que inclui os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

Ainda de acordo com os dados de ontem, o pior resultado foi do vizinho Mato Grosso, 38,16%. Tocantins teve 39,10% e Santa Catarina 41,37%. No outro extremo, o Amapá liderou, com 53,87%, seguido por Pará (50,83%) e Ceará (50,06%).

Segundo as autoridades estaduais, o isolamento social é necessário para evitar o avanço da pandemia do novo coronavírus, que até ontem já tinha 202.831 casos confirmados e provocado as mortes de 3.854 sul-mato-grossenses.

“Estamos com isolamento bastante frágil”, declarou ontem o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, reforçando o apelo para que a população respeite as normas de prevenção à doença.

Na mesma divulgação, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que recentemente expediu o Decreto nº 15.632 de 9 de março de 2021, com imposição de toque de recolher das 20h às 5h em todos os municípios do Estado, ponderou as razões do feriadão na capital. “Não é feriado, é isolamento”, destacou.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.