Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Médico é acusado de importunação sexual contra paciente de 19 anos durante consulta em Ponta Porã

Em nota oficial, a Secretaria de Saúde de Ponta Porã informou que tão logo foi cientificada dos fatos, afastou o médico preventivamente, bem como determinou abertura de procedimento administrativo

Médico de 32 anos de idade está sendo acusado de importunação sexual contra paciente de 19 anos, durante consulta, nesta segunda-feira (20) em Ponta Porã.

A denúncia foi registrada pela vítima na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher). Acompanhada de testemunha, ela relatou que a importunação ocorreu na Unidade Básica de Saúde Neuza Maria Pereira, no Jardim Marambaia.

A jovem contou que por volta de 15h30 de ontem foi até o posto de saúde para levar o resultado dos exames que o próprio médico havia pedido. Após ver os laudos, o profissional receitou alguns medicamentos e orientou a paciente a retirar os remédios na farmácia da própria unidade saúde.

Segundo a versão da mulher, ao retornar ao consultório, o médico teria pedido para ela fechar a porta. Depois, teria dito saber que ela tem namorado, mas, por achá-la muito bonita, gostaria de saber se ela aceitaria sair com ele.

A jovem contou à polícia que neste momento se levantou e disse que tem namorado e que jamais aceitaria o convite. Quando saía, disse que deixou um dos medicamentos cair e ao se abaixar para pegar a caixa, teria sido importunada sexualmente.

Segundo ela, o médico segurou a porta entreaberta e quando a vítima ia sair, ele a teria segurado pelos braços e aproximado do rosto dela, tentando beijá-la. A vítima disse que o empurrou com força e saiu da sala.

O médico disse hoje que ainda não tem conhecimento pleno sobre a denúncia e que irá se manifestar após falar com seu advogado. “Mas afirmo que não cometi nenhum crime contra nenhuma pessoa. Inclusive, até pedi o meu afastamento da unidade para esclarecer o caso o mais rápido possível”. O nome dele não será divulgado por enquanto, pelo fato de a investigação ainda estar no início.

Em nota oficial, a Secretaria de Saúde de Ponta Porã informou que tão logo foi cientificada dos fatos, afastou o médico preventivamente, bem como determinou abertura de procedimento administrativo para apurar o caso. “A rotina dos pacientes não será alterada, pois outro profissional de saúde foi direcionado para a Unidade a fim de manter o normal atendimento à população”.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.