Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 5 de março de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Morre o cantor Quinho do Salgueiro, ícone do Carnaval carioca

Um dos maiores intérpretes de samba-enredo do país, Quinho tornou famoso o refrão “Explode coração, na maior felicidade”, de 1993
Melquisedeque Marins Marques, o famoso Quinho do Salgueiro
Melquisedeque Marins Marques, o famoso Quinho do Salgueiro

Morreu, na madrugada desta quinta-feira (4/1), Melquisedeque Marins Marques, o famoso Quinho do Salgueiro, aos 66 anos. Quinho se tornou um dos maiores intérpretes de samba-enredo do país e levou a escola a títulos nos desfiles do Carnaval carioca.

Ele enfrentava um câncer de próstata desde 2022. Estava internado no Hospital Evandro Freire, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, quando morreu. De acordo om parentes, a causa da morte foi insuficiência respiratória.

No ano passado, já havia sido afastado do desfile, mas a escola o homenageou, colocando o nome do carro de som de Quinho do Salgueiro.

“Um grande amigo, um grande intérprete, marcou a história do Salgueiro. Nós acompanhamos de perto a incansável luta do Quinho e sentimos muito essa perda. Ele merece todas as homenagens e fazemos questão de que o último adeus seja em nossa quadra, no lugar onde Quinho cantou, encantou e brilhou durante tantos anos”, lamentou André Vaz, presidente do Acadêmicos do Salgueiro.

Foi na escola de samba que Quinho viveu seus melhores momentos, como em 1993, quando cantou Peguei um Ita no Norte e a agremiação levou o Carnaval carioca naquele ano. O samba tinha o famoso refrão: “Explode coração, na maior felicidade, é lindo meu Salgueiro, contagiando, sacudindo esta cidade”.

Também levou o Salgueiro ao título de 2009, com o samba Tambor.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.