Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 17 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Óleo de soja sobe mais de 2% nesta 3ª feira e dá suporte aos preços do grão

Os ganhos no derivado vêm acompanhando um movimento de avanço no óleo de palma que tem a oferta ajustada agora e também do petróleo, que vem intensificando as altas nesta terça

Os futuros da soja seguem trabalhando do lado positivo da tabela na Bolsa de Chicago, porém, vêm intensificando suas altas no início da tarde desta terça-feira (2). Perto de 12h10 (horário de Brasília), as cotações subiam entre 5,25 e 5,75 pontos – porém, mais cedo, testaram ganhos de mais de 10 pontos – com o maio sendo cotado a US$ 11,91 e o agosto a US$ 12,03 por bushel. 

Ao mesmo tempo, os futuros do óleo de soja subiam mais de 2% na CBOT e, novamente, atuavam como o principal pilar de suporte para as cotações do grão. A posição mais negociada – maio/24 – registrav alta de 2,3% ara 49,33 cents de dólar por libra-peso. Na máxima do dia, até o momento desta notícia, o contrato já havia batido os 49,77 cents/lp. 

Os ganhos no derivado vêm acompanhando um movimento de avanço no óleo de palma – que tem a oferta ajustada agora – e também do petróleo, que vem intensificando as altas nesta terça. Perto de 12h30 (Brasília), as altas no WTI passavam de 1,5%, enquanto no brent eram de mais de 1,4%, para US$ 88,64 por barril. 

“O petróleo sobe forte, testando seus mais altos níveis em cinco meses, diante dos novos desdobramentos da guerra no Oriente Médio. As tensões geopolíticas estão se intensificando”, afirma o time da Agrinvest Commodities. 

Os recentes ataques isralenses ao consulado do Irã, na Síria, provocaram uma escalada do conflito que, cada vez mais, toma proporções regionais em uma das principais áreas de produção petrolífera. 

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.