Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

‘Operação ‘Deam por Elas’ sai a caça dos agressores de mulheres em Campo Grande

Os indivíduos detidos serão conduzidos à sede da delegacia, situada na Casa da Mulher Brasileira, onde serão tomadas as devidas providências legais
Foto: Henrique Arakaki
Foto: Henrique Arakaki

Na manhã desta sexta-feira (1º), a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Campo Grande, desencadeou uma operação intensiva visando combater a violência doméstica e prender agressores. A ação, denominada “Deam por Elas”, foi organizada em alusão ao Mês Internacional da Mulher, buscando reforçar o compromisso das autoridades na promoção da segurança e proteção das mulheres.

Um contingente de 20 policiais participa da operação, cumprindo mandados de prisão na capital. A iniciativa teve início às 5h e está programada para encerrar por volta das 9h, conforme declarado pela delegada Elaine Cristina Benicasa, responsável pela Deam. Os indivíduos detidos serão conduzidos à sede da delegacia, situada na Casa da Mulher Brasileira, onde serão tomadas as devidas providências legais.

A Delegada Benicasa destacou, por meio de nota oficial, que a operação “Deam por Elas” é apenas o primeiro passo de uma série de ações que serão realizadas ao longo do mês de março, dedicado à conscientização e combate à violência contra as mulheres.

“A violência doméstica é uma realidade que afeta inúmeras mulheres em nossa sociedade, e é nosso dever enquanto autoridades responsáveis agir vigorosamente para coibir e punir os agressores. Esta operação representa um compromisso firme e contínuo da Deam em garantir a segurança e proteção das mulheres em nossa comunidade”, enfatizou a delegada.

Vale ressaltar que a última operação de combate à violência doméstica em Campo Grande ocorreu em setembro do ano passado, sob o nome de “Shamar”. Naquela ocasião, foram cumpridos seis mandados de prisão contra agressores que desrespeitavam medidas protetivas, persistindo em se aproximar das vítimas.

A operação “Deam por Elas” representa, portanto, um reforço significativo no enfrentamento à violência doméstica na região, demonstrando a determinação das autoridades em proteger as mulheres e garantir que agressores sejam responsabilizados por seus atos.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.