Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Pistoleiros executam dois e ferem adolescente em Bairro da periferia de Campo Grande

No local do crime, a polícia encontrou 29 munições calibre 9 milímetros intactas e 18 cápsulas deflagradas do mesmo calibre

Dois homens foram executados a tiros quando estavam em frente a uma casa no Jardim Centro-Oeste, em Campo Grande, na noite deste domingo (17). As vítimas foram identificadas como Júlio César de Andrade Porto, de 22 anos, e Alex Sandro do Nascimento Campos, de 34. Adolescente de 17 anos também foi baleado.

Os homens estavam sentados em frente a casa de um deles, na Rua Maria de Lourdes Vieira de Matos, cruzamento com a Rua Catiguá, quando dupla de moto chegou no local por volta das 21 horas. Na sequência, os dois autores passaram a disparar contra as vítimas dezenas de vezes.

Alex Sandro foi ferido por vários tiros e levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Moreninhas, onde não resistiu e morreu. Já Júlio César foi socorrido, levado em estado grave para a Santa Casa, onde a morte foi confirmada no início da manhã desta segunda-feira (18).

O adolescente foi baleado na perna. Ele é irmão de Júlio César e amigo de Alex Sandro.

No local, a Polícia Civil e peritos apreenderam 29 munições de calibre 9 milímetros intactas e 18 cápsulas deflagradas do mesmo calibre. O GOI (Grupo de Operações e Investigações) já faz buscas pelos autores do crime.

A sensação na região é de insegurança após a dupla execução. “Aqui é bastante perigoso e todo mundo está muito assustando com o que aconteceu. O pessoal não quer nem mais sair de casa a noite”, disse uma moradora, que tem medo de ter o nome divulgado.

Um vizinho que preferiu não se identificar disse que os jovens “não eram coisa boa” e desconfia de envolvimento com tráfico.  “ Eu vi os atiradores eles estavam todos de preto e de capacete e já chegaram atirando”, disse o vizinho. “Não eram gente boa”, disse vizinho de jovens executados no Jardim Centro Oeste”  

Ainda conforme apurado um outro adolescente de 17 anos, foi baleado na perna ele era irmã de Júlio César, mas não corre risco de vida. . A buscas pelos suspeitos continuam. 

“Não eram gente boa”, disse vizinho de jovens executados no Jardim Centro Oeste  

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.