Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 15 de junho de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Preços do grão de soja em queda no Brasil

De acordo com dados do boletim informativo do Cepea, a desvalorização do dólar em comparação ao Real exerceu uma pressão significativa sobre os preços da soja no Brasil

Na última semana, houve uma reviravolta nos preços da soja em grão no mercado brasileiro. Essa mudança foi impulsionada por uma série de fatores que afetaram a dinâmica do setor. Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), essa queda de preços está diretamente relacionada à desvalorização do dólar em relação ao Real e à intensificação da colheita de soja nos Estados Unidos.

De acordo com dados do boletim informativo do Cepea, a desvalorização do dólar em comparação ao Real exerceu uma pressão significativa sobre os preços da soja no Brasil. Com um dólar mais fraco, os produtos brasileiros tornaram-se menos atrativos para os compradores estrangeiros, reduzindo a demanda pela oleaginosa brasileira. Além disso, a intensificação da colheita de soja nos Estados Unidos atraiu importadores do Hemisfério Norte, que optaram por adquirir produtos locais, diminuindo ainda mais a demanda pelo grão brasileiro.

Enquanto os preços do grão de soja sofreram uma queda notável, os valores do farelo de soja permaneceram praticamente estáveis na semana passada. Isso se deve, em grande parte, ao fato de muitos consumidores domésticos terem estabelecido contratos de longo prazo, reduzindo a necessidade de novas aquisições no mercado nacional.

Por outro lado, os preços do óleo de soja apresentaram um cenário distinto, registrando um aumento no mercado brasileiro. Isso foi impulsionado pela firme demanda, especialmente por parte das indústrias de biodiesel no Brasil. A crescente necessidade de óleo de soja para a produção de biodiesel contribuiu para esse aumento de preços.

Importações de Soja na China:

A China reportou que suas importações de soja em setembro totalizaram 7,15 milhões de toneladas, representando uma queda de 7,3% em comparação ao mesmo mês do ano anterior. Isso foi atribuído aos estoques elevados no país e ao aumento recente nos preços internacionais do produto. No entanto, a soja do Brasil viu seu volume de importações na China aumentar devido a preços mais baixos após uma colheita recorde. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, as importações totais chinesas de soja cresceram 14,4% em relação ao ano anterior, atingindo 77,8 milhões de toneladas, segundo dados alfandegários.

Tensões em Israel e Mercado de Grãos:

Até o momento, as tensões militares em Israel e o Grupo Palestino Hamas não afetaram o mercado de grãos, incluindo o mercado da soja.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.