Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 29 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Suspeito de vários roubos em Campo Grande morre em confronto com Batalhão de Choque

Jovem foi baleado ao atirar contra policiais no Jardim Noroeste | Imagem: Divulgação
Jovem foi baleado ao atirar contra policiais no Jardim Noroeste | Imagem: Divulgação

O Batalhão de Choque da Polícia Militar prendeu na tarde deste sábado (13), no Jardim Canguru, em Campo Grande, um suspeito de fazer de um grupo que estava praticando vários assaltos nos últimos dias na cidade. Outro envolvido, morreu em confronto com os policiais no Jardim Noroeste, após reagir a uma tentativa de abordagem.

O primeiro suspeito, de 26 anos, foi localizado durante patrulhamento no Jardim Canguru. A polícia encontrou na casa do homem um veículo com as mesmas características do carro que estava sendo utilizado em vários assaltos na cidade.

Na checagem dos dados do homem os policiais descobriram que ele era evadido do sistema prisional e que o carro tinha registro de roubo. O suspeito então admitiu que tinha praticado vários assaltos junto com outro homem, de 33 anos, morador do Jardim Noroeste.

O primeiro suspeito confessou que tinha participado de quatro roubos e que em deles tinha atirado na vítima.
Arma encontrada com Neguinho | Imagem: Divulgação

O Choque foi até o endereço no Noroeste e ao chegar em uma vila de casas, foi recebido a tiros. Os policiais ordenaram que Neguinho largasse a arma, mas ele não obedeceu, então os militares atiraram. O autor foi atingido no tórax, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

A equipe da Depac (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento Comunitário) Centro esteve no local. A arma de fogo utilizada por Whashington trata-se de um revólver da marca Taurus, calibre 38. A arma foi recolhida pela perícia.

Major baleado

O major do Exército aposentado de 72 anos foi ferido a tiros na manhã do dia 23 de fevereiro, em Campo Grande no bairro Rita Vieira de Andrade durante uma tentativa de assalto. O militar aposentado disse que havia ido buscar gasolina para a pá carregadeira, que aluga para uma obra que fica na rua Renato Vilhoni Ferreira, sendo que ao deixar o combustível na obra e quando já estava voltando para sua camionete foi abordado por uma dupla de bandidos armados.

A dupla estava em um Celta de cor branca e anunciou o assalto, exigindo a carteira da vítima, que acabou sendo ferida com um tiro no ombro, de raspão. O militar que estava com sua pistola no carro tentou perseguir os autores e efetuou oito tiros contra os bandidos.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.