Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 16 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

‘Terra e Paixão’: Antônio é humilhado e aterrorizado por matador na cadeia

Preso, Antônio é humilhado e sofre ameaças em ‘Terra e Paixão’: ‘Torcer o seu pescoço’
Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco
Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco

Antônio (Tony Ramos) não vai sair impune de todas as maldades que cometeu em Terra e Paixão. Na reta final da novela das nove da Globo, o vilão será preso após encomendar o assassinato de Lucinda (Débora Falabella).

Ao chegar na cadeia, Antônio enfrenta o matador que o dedurou. “Você! Não tinha nada que me denunciar! Quando eu sair daqui, vou ferrar com a sua vida!”, falará.

Antônio sofre ameaças
O matador não não vai abaixar a cabeça para o ex-patrão: “É bom ficar quieto e não esquecer que só tem nós dois nessa cela. Eu é que posso ferrar com sua vida!”, avisará , enquanto pega La Selva pelos colarinhos.

Antônio ficará com medo: “Calma… Eu só quis dizer que…”. Revoltado, o matador ameaçará Antônio: “Eu posso muito bem torcer o seu pescoço… Fica caladinho, que eu nem aguento ouvir mais a sua voz”.

Antônio arma fuga mirabolante

Antônio (Tony Ramos) demonstrará que carregará a fama de vilão, planejando uma fuga espetacular.

Após ser preso por mandar atirar contra Lucinha (Débora Falabella) e deixar a presidente da cooperativa entre a vida e a morte, o poderoso arquitetará um plano que contará com a ajuda de seu advogado, Silvério (Samir Murad).

Consciente das habilidades do poderoso mesmo detido, Marino (Leandro Lima) manterá uma vigilância atenta na cola de Antônio. Mesmo assim, o astuto produtor rural elaborará um plano bem bolado, contando também com a assistência de Barão (Marcelo Escorel), para o tirar de trás das grades.

As cenas serão exibidas no capítulo desta terça-feira, dia 16/01. Antônio conseguirá escapar da prisão durante a transferência de uma detenção para outra, com destino ao exterior.

“Agora, sim! Eu vou sair desse buraco! E depois? Já preparou tudo para quando eu sair, Silvério?”, indagará ele.

Silvério, então, informará que providenciou documentos falsos, dinheiro em espécie e uma nova conta bancária para possibilitar a vida do fugitivo fora do país. “

Sim, temos o dinheiro, documentos falsos, conta bancária nova e a passagem para o exterior.”

Marino junta provas para deixar Antônio mofando na cadeia
Ignorante do plano de Antônio, Marino coletará todas as provas para impedir que ele escape e permaneça detido. O delegado obterá uma gravação de uma ligação entre o atirador e Antônio, entregando-a ao juiz.

“Esta é a gravação da ligação realizada entre o celular do bandido e o seu, pouco depois do disparo do tiro. Encontramos uma série de trocas de mensagens e ligações como essa, entre vocês dois, coordenando tudo…”, dirá ele.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.