Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 22 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Especialista em dieta cita 9 alimentos que ajudam a limpar as artérias

No canal homônimo, o especialista listou nove alimentos que auxiliam na “desobstrução” e contribuem para a saúde das artérias
Alguns alimentos ajudam a saúde do coração e a limpar as artérias
Alguns alimentos ajudam a saúde do coração e a limpar as artérias

Com doutorado em quiropraxia e tendo estudado por 2 anos medicina na Universidade de Wisconsin Parkside, nos EUA, Eric Berg é um especialista em dietas e jejum intermitente. Em um vídeo no canal do YouTube, o expert comentou que a saúde do coração e das artérias é um grande problema no Reino Unido. A mesma questão pode ser vista no Brasil.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, “as doenças cardiovasculares, afecções do coração e da circulação representam a principal causa de morte no Brasil”. São mais de 1,1 mil óbitos por dia.

Conforme explicou Berg, o espessamento e endurecimento das artérias favorecem as condições que afetam o coração e o sistema circulatório.

No vídeo, Berg esclareceu que o endurecimento e o espessamento das artérias chamado de aterosclerose ocorre devido ao acúmulo de gordura e de outras substâncias na região. Por consequência, essa concentração impede a passagem “fácil” do sangue. O expert endossou que manter limpos esses vasos sanguíneos é essencial para a saúde.

No canal homônimo, o especialista listou nove alimentos que auxiliam na “desobstrução” e contribuem para a saúde das artérias. Confira quais são para adicionar nas refeições!

1. Ômega 3

Na lista de alimentos ricos em ômega 3 constam os peixes salmão e sardinha, além do óleo de fígado de bacalhau. Eric Berg recomendou comer alguma dessas opções uma ou duas vezes por semana para conseguir extrair os benefícios. “São muito, muito importantes”, disse o expert.

2. Azeite de oliva extravirgem

O especialista em dietas defendeu que o azeite de oliva extravirgem dispõe de propriedades positivas para o sistema cardiovascular e ajuda na prevenção da hipertensão. “É uma gordura muito boa, carregada de substâncias saudáveis para o coração que apoiam as células endoteliais”, sustentou.

Na foto, imagem de um recipiente de azeite, azeitona e ramos e oliveira - Metrópoles
Um dos alimentos é o azeite de oliva extra virgem. Esse óleo oferece inúmeros benefícios à saúde

3. Vegetais de folhas verdes escuras

Para aproveitar todos os ativos dos vegetais de folhas verdes escuras, Berg aconselhou cozinhar os alimentos no azeite: “Ajuda a extrair os fitonutrientes, porque muitos dessas substâncias presentes nas plantas, especialmente na salada, são solúveis em gordura.”

4. Queijo Parmigiano

O especialista alegou que o queijo Parmigiano, feito na Itália, apresenta alto teor de vitamina K, nutriente “muito importante para manter o cálcio fora da artéria”.

5. Amêndoas

Fontes de magnésio, as amêndoas estão presentes na lista montada pelo especialista por beneficiar a saúde do coração. O nutriente protege o órgão do estresse muscular, sem contar que ajuda a controlar a pressão arterial.

Foto colorida de várias amêndoas em um pote - Metrópoles
Amêndoas possuem vitamina E

6. Chucrute cru

“O melhor alimento que conheço por conter mais vitamina C é o chucrute cru”, indicou o expert em dietas. O repolho fermentado é fonte das vitaminas C e K2, segundo Berg. Ele orientou não adquirir o alimento em garrafa pasteurizada.

7. Levedura nutricional

O expert recomendou comprar a levedura nutricional, mas ficar atento para o alimento não ser enriquecido com ativos sintéticos. Essa sugestão traz na composição as vitaminas B1, B9 e B12, mais conhecida como metilcobalamina.

8. Carnes

Frango, carne bovina e fígado de bacalhau englobam “praticamente todos os nutrientes imagináveis”, conforme pontuou o expert: “Quero dizer, tem quase todas as vitaminas contidas em grandes quantidades. Há o folato, presente em vegetais, e a vitamina K2”.

9. Carne vermelha de gado alimentado com capim

Enquanto as carnes processadas são classificadas como “perigosas para o coração”, a opção vermelha do gado alimentado com capim pode oferecer o efeito oposto. “É mais saudável e magra. Também não irrita o intestino”, garantiu o especialista.

dois pedaços de carne vermelha

Berg instruiu comer carne de gado alimentado com capim

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.