Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 25 de maio de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Governo de Mato Grosso do Sul licita obras para trazer mobilidade e segurança viária em Camapuã, Figueirão e Campo Grande

Ambas as licitações serão do tipo menor preço. A abertura está agendada para os dias 21 e 22 de maio de 2024, respectivamente, na sede da Agesul, em Campo Grande
Fotos: Bruno Rezende
Fotos: Bruno Rezende

A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) anunciou o lançamento de duas licitações que prometem impulsionar o desenvolvimento do estado de Mato Grosso do Sul. As obras visam melhorar a infraestrutura viária atendendo os municípios de Camapuã , Figueirão e Campo Grande.

A primeira licitação, refere-se à restauração do pavimento com melhoramentos para adequação da capacidade e segurança da Rodovia MS-436, trecho que compreende a entrada na BR-060 até o limite municipal entre Camapuã e Figueirão. Com uma extensão de 61,60 Km, esta obra promete não apenas revitalizar a via, mas também aumentar sua capacidade e segurança, contribuindo para o fluxo de pessoas e com o escoamento da produção na região.

A segunda licitação, aborda a implantação e pavimentação asfáltica da Rodovia CG-150. O  trecho vai desde a entrada na BR-262 até o limite municipal entre Campo Grande e Jaraguari, nas proximidades da ponte sobre o córrego Ribeirão Botas. Com uma extensão de 5,08 Km, esta obra visa facilitar o acesso e promover a integração entre as localidades, além de garantir uma infraestrutura viária mais segura e eficiente.

Ambas as licitações serão do tipo menor preço. A abertura está agendada para os dias 21 e 22 de maio de 2024, respectivamente, na sede da Agesul, em Campo Grande. Os editais foram publicados na edição desta Quarta-feira (17), do Diário Oficial do Estado (DOE).

“Com esses investimentos em infraestrutura, o estado de Mato Grosso do Sul reafirma seu compromisso com o desenvolvimento econômico e social, proporcionando melhores condições de mobilidade e segurança para a população”, explica Helio Peluffo, secretário da pasta de Infraestrutura e Logística (Seilog), da qual a Agesul é vinculada.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.