Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 16 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Mortes por chuvas no RJ sobem para 11 e duas pessoas estão desaparecidas

Fortes chuvas deixaram um rastro de destruição no Rio de Janeiro, onde se espera uma melhoria do estado do tempo

As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro no fim de semana aumentaram o número de mortos para 11. Duas pessoas ainda estão desaparecidas.

A informação foi confirmada pelos bombeiros do estado, que trabalham para encontrar os desaparecidos.

As chuvas inundaram ruas, a linha de metrô e casas. Além disso, derrubaram árvores e provocaram deslizamentos de terra.

Em certos trechos da Avenida Brasil, uma das principais artérias da cidade, a água chegou às capotas dos automóveis e a área foi fechada por longas horas.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, aconselhou os moradores da cidade a evitarem viajar para não atrapalharem o trabalho dos funcionários públicos e colocarem suas vidas em perigo. Ele também anunciou o estado de emergência.

O presidente do Brasil, Lula da Silva, já ofereceu apoio federal ao estado.

Impactos das chuvas

As chuvas causaram grandes transtornos na cidade do Rio de Janeiro. As inundações deixaram várias ruas e avenidas intransitáveis, e o metrô teve que ser parcialmente interrompido.

Os deslizamentos de terra também causaram danos. Em alguns bairros, casas foram destruídas e pessoas ficaram desabrigadas.

Ainda não há um balanço oficial dos danos causados pelas chuvas, mas estima-se que eles sejam elevados.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.