Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 17 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

PF prende líder indígena acusado de abusar de crianças no AM

Ação ocorreu no município de Autazes (AM) e contou com 20 agentes da PF. A operação foi nomeada de Yaucacy
Chefe de aldeia, o tuxaua Raimundo Nonato Muratuba, de 58 anos, foi preso. (Reprodução/JN)
Chefe de aldeia, o tuxaua Raimundo Nonato Muratuba, de 58 anos, foi preso. (Reprodução/JN)

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira (10) um líder indígena acusado de abusar sexualmente de crianças da própria comunidade na Amazonas.

Denúncia do MPF apontou diversos crimes de abuso sexual e de cerceamento de direitos indígenas. O suspeito irá responder por estupro, estupro de vulnerável, abuso de poder, coação de vítimas e cerceamento de direitos básicos de pessoas de seu povo.

Ação ocorreu no município de Autazes (AM) e contou com 20 agentes da PF. A operação foi nomeada de Yaucacy.

Homem é considerado um tuxaua, uma liderança influente na própria aldeia.

A reportagem buscou a Funai para saber se as vítimas estão sendo acompanhadas pela entidade ou por outros órgãos. Se houver retorno, a matéria será atualizada.

NÃO TOLERE VIOLÊNCIA, SAIBA COMO PROCURAR AJUDA

O Ligue 190 é o número de emergência indicado para quem estiver presenciando uma situação de agressão. A Polícia Militar poderá agir imediatamente e levar o agressor a uma delegacia.

Também é possível pedir ajuda e se informar pelo número 180, do governo federal, criado para mulheres que estão passando por situações de violência. A Central de Atendimento à Mulher funciona em todo o país e também no exterior, 24 horas por dia. A ligação é gratuita.

O Ligue 180 recebe denúncias, dá orientação de especialistas e encaminhamento para serviços de proteção e auxílio psicológico. Também é possível acionar esse serviço pelo WhatsApp. Nesse caso, acesse o (61) 99656-5008.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.