Pesquisar
Close this search box.
Mato Grosso do Sul, 24 de abril de 2024
Campo Grande/MS
Fuente de datos meteorológicos: clima en Campo Grande a 30 días

Pistoleiros executam a tiros, quadrilheiro envolvido com roubos de veículos em Corumbá

Antes da última prisão, Sander já havia sido flagrado com um veículo furtado. Muitos carros atravessados para a fronteira eram de locadoras
Local onde ocorreu o crime em Corumbá (Créditos - Diário Corumbaense)
Local onde ocorreu o crime em Corumbá (Créditos - Diário Corumbaense)

Sander Rony, de 23 anos, foi morto a tiros no cruzamento das ruas Minas Gerais e Marechal Deodoro, parte alta de Corumbá, durante a noite desta terça-feira (24). Ele estava em um Chevrolet Celta quando foi atingido pelos disparos.

Testemunhas relataram que dois homens chegaram em uma moto e em seguida fizeram os disparos. Ao menos cinco cápsulas deflagradas foram encontradas no chão.

A mãe da vítima, Kátia Mota, disse que havia saído para comprar remédio, cigarro e pegar o jantar do filho. Vizinhos ouviram os disparos e a avisaram. Foi quando encontrou o rapaz morto, dentro do carro e em frente de casa. Ele morava ao lado da residência da mãe, sozinho, e segundo ela, vinha tendo problemas de saúde.

Em agosto de 2020, Sander e o restante da quadrilha, um total de seis, foram denunciados pelo MPMS (Ministério Público Estadual) pelos crimes de receptação e organização criminosa. Na quadrilha Sander tinha a função de ‘batedor’. A quadrilha de acordo com a denúncia era bem organizada e com funções delimitadas.

Antes da última prisão, Sander já havia sido flagrado com um veículo furtado. Muitos carros atravessados para a fronteira eram de locadoras.

A área foi isolada pela PM (Polícia Militar) e equipes da Polícia Civil e perícia fizeram os levantamentos das circunstâncias do homicídio. Sander era monitorado pelo sistema penal por meio de tornozeleira eletrônica.

Suas preferências de cookies

Usamos cookies para otimizar nosso site e coletar estatísticas de uso.